Cigano elogia atuação de Werdum em vitória e reconhece: ‘Resultado foi bom para mim’

Brasileiro, que já perdeu para Velasquez duas vezes, vê na conquista de seu compatriota a oportunidade de lutar novamente pelo título

J. Cigano (foto) é o segundo colocado no ranking dos pesos pesados. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Cigano (foto) quer novamente lutar pelo título. Foto: Josh Hedges/UFC

O resultado da luta principal do UFC 188, no último sábado (13), pode ter papel fundamental nas pretensões de Júnior Cigano dentro da organização. Após ver Fabrício Werdum finalizar Cain Velasquez e conquistar o cinturão dos pesados, Cigano viu crescer suas chances de disputar novamente o título, o que parecia improvável quando este estava nas mãos de Velasquez, que já o derrotou por duas vezes no passado.

Veja Também

Werdum finaliza Velasquez, cala torcida mexicana e conquista terceiro cinturão para o Brasil no UFC
Dana White cita Cigano como possível desafiante do novo campeão Fabrício Werdum
Depois de provocações, equipe de Velasquez volta atrás e parabeniza Werdum por título

O ex-campeão da categoria, que inclusive foi apontado por Dana White como possível próximo desafiante pelo cinturão, admitiu que o resultado do evento poderá beneficiá-lo. “Quando eu falava sobre uma quarta luta com o Velasquez, o pessoal não gostava da ideia. Então, eu estava lutando contra política, a política do evento, do esporte. Então, acho que foi bom para mim, porque o Werdum, sendo o campeão ,vai acabar renovar as ideias da categoria e quem sabe eu tenha a minha chance de recuperar o que eu tanto quero, que é o cinturão”, explicou Cigano, em entrevista ao site oficial do UFC.

O catarinense elogiou a atuação de Werdum na luta principal do evento mexicano. “O que ficou clara ali foi a superioridade do Werdum no jiu-jitsu. Eu falei antes: o Velasquez não vai tentar derrubar o Werdum, porque o Werdum é muito bom no chão. E foi o que ele estava fazendo na maior parte da luta, mantendo na grade – que é o que ele fez comigo. Só que, quando ele tentou a queda, o Werdum, com o ótimo jiu-jitsu que tem, aplicou uma guilhotina que foi sensacional. Ele está de parabéns. Estava uma guerra, com os dois trocando muitos golpes, e aí sai aquela guilhotina. Parabéns ao Werdum”, analisou.

Caso a luta entre Cigano e Werdum saia do papel, se trataria de uma revanche. Os dois se enfrentaram em 2008, no UFC 90, evento em que Cigano fazia sua estreia na organização. Considerado amplamente como o azarão, o então novato surpreendeu ao nocautear Werdum ainda no primeiro round.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments