Fabrício Werdum leva suspensão médica de seis meses após vencer Cain Velasquez

Novo campeão dos pesados somente será liberado para lutar antes disso caso apresente exames que descartem lesões

 

F. Werdum (foto) recebeu suspensão médica de seis meses após vencer Velasquez. Foto: Josh Hedges/UFC

F. Werdum (foto) recebeu suspensão médica de seis meses após vencer Velasquez. Foto: Josh Hedges/UFC

Fabrício Werdum recebeu uma suspensão médica de seis meses após sua vitória sobre Cain Velasquez no UFC 188, evento em que conquistou o cinturão dos pesados do UFC.

Veja Também

Cigano elogia atuação de Werdum em vitória e reconhece: ‘Resultado foi bom para mim’
Depois de provocações, equipe de Velasquez volta atrás e parabeniza Werdum por título
Cigano lança desafio a Werdum: ‘Se prepare, porque agora é entre nós!’

O brasileiro, que finalizou a luta no terceiro round, deverá ficar 180 dias afastado de atividade por diversas pequenas lesões. No entanto, ele poderá ser liberado para lutar antes deste período caso apresente exames de ressonância magnética em seu joelho e polegar esquerdos, além de um raio-x em seu nariz.

Velasquez, apesar da derrota, recebeu uma suspensão mais curta: 45 dias sem lutar e 30 sem contato físico devido a lacerações na pálpebra esquerda e no supercílio direito.

Outro lutador de destaque que recebeu gancho de seis meses é Eddie Alvarez. Depois de bater Gilbert Melendez na segunda luta mais importante da noite, o atleta levou suspensão de seis meses, mas também poderá lutar antes caso seja liberado por um ortopedista.

Como a Cidade do México, local onde o evento foi realizado, não possui uma comissão atlética, o próprio UFC foi responsável por inspecionar o evento e divulgar as suspensões médicas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments