Barão garante que revanche com Dillashaw será diferente de primeira luta: ‘Tudo mudou’

Brasileiro, que tenta recuperar o cinturão dos galos do UFC, diz que está muito mais bem preparado para luta de sábado (25)

Barão (foto) quer recuperar título do UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Barão (foto) quer recuperar título do UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Renan Barão chega para a revanche contra TJ Dillashaw, neste sábado (25), com a certeza de que corrigiu todas as falhas que cometeu no primeiro encontro entre os dois, em maio do ano passado, que terminou com vitória dominante do lutador norte-americano.

Veja Também

Empresário revela que UFC ‘tem grandes chances’ de assinar com Fedor Emelianenko
Ainda sem julgamento sobre doping, Anderson Silva projeta retorno ao UFC em dezembro
UFC planejava realizar Jones x Weidman em estreia em Nova York, revela White

No UFC 173, há mais de um ano, Barão foi surpreendido pelo jogo ágil de Dillashaw, que dominou a trocação com a velocidade de seus golpes e nocauteou o brasileiro no quinto round. No reencontro entre os dois, Barão tem plena confiança de que evoluiu drasticamente seu jogo para recuperar o título.

“Tudo mudou. Estou chegando para a luta mais leve, mas me sinto muito forte. Tive a chance de trabalhar e de me preparar com muita gente nova. Tenho muita gente trabalhando comigo, sendo que alguns deles eu nem conheço, que estão me ajudando com problemas de nutrição. Tenho médicos acompanhando meu treinamento e minha saúde. Isso é muito avançado e profissional”, comentou o brasileiro, em entrevista ao site da emissora norte-americana “FOX Sports”.

Barão afirmou que sua meta desde que perdeu para Dillashaw é recuperar o cinturão. “Minha meta principal é ser o melhor. Então, estou preparado para lutar em qualquer hora, qualquer lugar. Essa ainda seguirá sendo a minha meta. Minhas maiores vantagens são minha vontade de vencer e meu coração”, completou.

Barão e Dillashaw fazem a luta principal do UFC on FOX 16, evento que será realizado na cidade de Chicago, nos Estados Unidos. Esta será a segunda defesa de título do norte-americano, que manteve o cinturão em agosto do ano passado, batendo Joe Soto. Na ocasião, Dillashaw deveria enfrentar Barão, mas o brasileiro enfrentou problemas com o corte de peso e foi retirado do card em cima da hora.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments