Aldo promete vitória rápida sobre McGregor: ‘Assim ninguém sofre’

Campeão brasileiro ainda comentou a recuperação de sua lesão na costela e garantiu que não tem pressa para se recuperar

Aldo (foto) encara McGregor em dezembro. Foto: Josh Hedges/UFC

Aldo (foto) encara McGregor em dezembro. Foto: Josh Hedges/UFC

A unificação dos títulos interino e linear dos pesos penas entre José Aldo e Conor McGregor no UFC 194 já é uma das lutas mais aguardadas da história do Ultimate. Mas se depender de Aldo, no entanto, a longa espera resultará em um combate curto. Em entrevista, o brasileiro prometeu bater seu grande rival de forma rápida.

Veja Também

Fãs abrem processo coletivo e acusam Mayweather x Pacquiao de fraude
Ronaldo Jacaré encara Yoel Romero no mesmo card de Aldo x McGregor
Lutador do UFC, Antônio Braga Neto é preso após confusão em casa de shows
‘Não vou me aposentar sem enfrentar Jon Jones’, diz Chris Weidman

“Vai ser o mais rápido possível, porque assim ninguém sofre, nem eu, e a gente já volta rapidinho para casa, vai comer e comemorar (risos). Vamos sofrer bem menos dessa vez…Todo mundo sempre pergunta se eu vou ter mais vontade de bater nele ou não. Cara, para mim isso não importa. O importante, para mim, é continuar sendo o campeão. Não fico caindo em pilha, se é, não é, bater ou não bater, eu procuro focar no meu trabalho, focar em ser o campeão. Para mim não importa se eu vou chegar lá dentro e vou finalizar rápido, se eu vou dar um soco nele e ele vai cair…para mim o importante é eu sair vitorioso, não importa o que eu vou chegar lá e fazer”, disse o campeão, em em bate-papo com os fãs divulgado pelo site do canal “Combate”.

Além disso, Aldo garantiu estar completamente recuperado da fratura na costela que o retirou da primeira tentativa do Ultimate em promover o combate. “Fiquei um pouco triste, falando um pouco do passado. Já era para eu ter acabado com essa história toda (com o o McGregor) e, num treino, eu quebrei a costela, mas graças a Deus a costela está bem, está ótima e o treinamento está começando. Ainda temos quatro meses, então estamos começando devagar. Quando faltar umas nove semanas, nós intensificaremos e vamos aprofundar mais na luta. Por enquanto, podem ficar tranquilos, estou voltando a treinar aos poucos, fazendo todas as adaptações que forem preciso e, futuramente, vou poder falar melhor”, assegurou.

José Aldo e Conor McGregor finalmente dividem o octógono no dia 12 de dezembro, na luta principal do UFC 194, na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA). O card encabeçado pelo brasileiro e o irlandês já foi concebido como um dos mais estelares na história da organização e já conta com outros dois grandes duelos confirmados: Chris Weidman x Luke Rockhold pelo cinturão dos médios e Ronaldo Jacaré x Yoel Romero para decidir o próximo desafiante ao título da divisão até 84 kg.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments