Amanda Nunes aprova duelo com Tate antes de disputar o cinturão

Brasileira diz que fazer alguns combates antes de lutar pelo título a ajudaria em continuar evoluindo como atleta

A. Nunes comemora maior vitória de sua carreira. Foto Josh Hedges

A. Nunes comemora maior vitória de sua carreira. Foto Josh Hedges

A recente vitória obtida por Amanda Nunes diante de Sara McMann colocou a lutadora brasileira um passo mais próxima de disputar o cinturão galo feminino do UFC. Em sua próxima luta, Amanda deverá enfrentar outra ex-desafiante pelo título, Miesha Tate, o que é visto com bons olhos pela baiana.

Veja Também

Com Ronda na mira, Amanda Nunes evita provocações: ‘Não preciso falar’
UFC 195 também deverá contar com Joanna x Gadelha e Tate x Nunes
Comentarista do UFC: brasileira deveria ter sido escolhida para enfrentar Ronda

“Se eu preciso vencer uma, duas ou mais lutas, tanto faz. Um dia eu vou lutar pelo cinturão. O bom é que eu continuo treinando e evoluindo mais e mais. Quando eu for lutar pelo cinturão, vou ser a melhor. Não vou lutar pelo titulo agora, mas isso vai me ajudar. Vou continuar evoluindo”, disse a brasileira, em entrevista ao site da emissora norte-americana “FOX Sports”. “Miesha tem um estilo perigoso como Sara McMann, mas acho que Sara é mais forte. Acho que seria uma boa luta. Miesha é uma pessoa conhecida e vou vencer essa luta.”

A luta entre Amanda Nunes e Miesha Tate ainda não foi confirmada oficialmente pelo UFC, mas os planos é que ela aconteça no dia 2 de janeiro, no UFC 195, em Las Vegas (EUA). No mesmo evento, Ronda Rousey defenderá o título contra Holly Holm, enquanto que Joanna Jedrzejczyk enfrentará Cláudia Gadelha pelo cinturão peso palha.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments