UFC vai diminuir eventos no Brasil em 2016, mas promete maior qualidade

Diretor-geral da organização no Brasil, Giovani Decker, disse que o plano é de quatro ou cinco eventos maiores

UFC vai diminuir o volume de eventos no Brasil. Foto: Jeff Bottari/UFC

UFC vai diminuir o volume de eventos no Brasil. Foto: Jeff Bottari/UFC

Durante os últimos anos, a organização do Ultimate veio gradativamente aumentando a quantidade de eventos promovidos em solo brasileiro. Porém, esta tendência deve ser revertida para 2016 e o número de cards tupiniquins deve cair. Segundo o diretor do UFC no Brasil, Giovani Decker, a medida foi adotada visando aumentar a qualidade das noites de lutas país.

Veja Também

Lutadora de jiu-jitsu usa técnica e imobiliza ladrão durante assalto
Sem precisar de cirurgia, Lawler marca retorno para o UFC 195
McGregor promete ‘aposentar’ Aldo e subir de categoria
‘Ronda não quer enfrentar a Cris porque sabe que vai perder’, dispara Tito Ortiz

“Devemos bater o martelo em quatro ou cinco eventos (para o ano que vem). Serão eventos maiores e com mais atrações para que o fã realmente se sinta valorizado”, contou Decker, em entrevista ao programa “Revista Combate”.

Esta, aliás, tem sido a proposta do novo dirigente desde que ele assumiu o mais alto do posto da organização no Brasil. No primeiro semestre deste ano, a inviabilidade de realizar um card de alto nível em solo brasileiro foi a justificativa apresentada por Giovani para cancelar um evento programado para São Paulo, que acabou transferido para Miami (EUA).

Até hoje, o UFC realizou 23 eventos no Brasil em sua história, o primeiro deles no longínquo ano de 1998 e o mais recente no último dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro. Até o fim do ano, o octógono mais famoso do planeta ainda desembarca em solo brasileiro mais uma vez, no dia 7 de novembro, em São Paulo (SP), com o UFC Fight Night 77: Belfort x Henderson 3.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments