Irado após suspensão, Nick Diaz dispara: ‘Todos os lutadores usam esteroides’

Norte-americano foi suspenso por 5 anos e recebeu multa de mais de R$ 600 mil da Comissão Atlética de Nevada

N. Diaz (foto) foi flagrado por uso de maconha contra A. Silva. Foto: Josh Hedges/UFC

N. Diaz (foto) foi flagrado por uso de maconha contra A. Silva. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Diaz recebe cinco anos de suspensão por doping em luta contra Anderson
Diaz se irrita com suspensão: ‘São uns bandidos’
Sonnen questiona lutas de Fedor no PRIDE: ‘Aquilo não conta’

Nesta segunda-feira (14), em uma audiência bastante polêmica, o ex-desafiante ao cinturão do UFC Nick Diaz recebeu a segunda punição mais severa da história da Comissão Atlética de Nevada e foi suspenso por cinco anos após ser flagrado pelo uso de maconha nos exames antidoping da luta contra Anderson Silva, em janeiro deste ano. Completamente transtornado com o resultado do julgamento, Diaz deixou a sede do órgão regulamentador atirando para todos os lados e não poupou literalmente nenhum outro lutador de MMA, acusando todos no esporte de fazerem uso de substâncias ilegais para aumento de performance.

“É ridículo! Eu nunca usei esteroides na minha vida, essa é outra coisa que eu vou dizer agora. Eu conheço todos os lutadores e todos eles usam esteroides. Todos esses filhos da mãe usam, todos eles usam esteroides. Eu já sei disso, todo mundo sabe disso. Sou a única pessoa no esporte que não usa. Agora, há novas regras em jogo e há caras que não estão usando esteroides hoje, mas costumavam usar e sempre usaram. Eu nunca usei esteroides e eu não quebrei nenhuma regra agora. Eu testei abaixo do limite máximo. O meu último teste também estava abaixo dos novos limites também”, bravejou Nick, segundo o site do canal “Combate”.

Aos 32 anos, Nick Diaz tem um cartel profissional de 26 vitórias, nove derrotas e duas lutas sem resultado. Punido com cinco anos de suspensão pela Comissão Atlética e multado em mais de R$ 600 mil, Diaz, que também está proibido até mesmo de ser córner de seu irmão Nate em lutas realizadas em Las Vegas, estaria autorizado a voltar aos ringues somente com 37 anos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments