Ronda manda mensagem e comove lutador tetraplégico | SUPER LUTAS

Ronda manda mensagem e comove lutador tetraplégico

Campeã enviou apoio a Steve Watts, que acabou paralisado do pescoço para baixo durante uma luta de MMA amador no ano passado

R. Rousey (foto) tem um cartel profissional de 10 vitórias e nenhuma derrota. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Rousey (foto) tem um cartel profissional de 10 vitórias e nenhuma derrota. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Steve Watts não imaginava que sua vida mudaria radicalmente durante uma luta de MMA amador em abril do ano passado. O atleta, então com 40 anos, tentou se defender de uma guilhotina de seu adversário aplicando uma queda, mas o resultado não foi nada bom: Watts sofreu um severo impacto na cabeça e acabou com graves lesões na coluna, o que o deixou paralisado do pescoço para baixo.

A campeã do UFC Ronda Rousey ficou comovida com a história e enviou a Watts um vídeo dando seu apoio. “Oi, Steve. Sou Ronda e fiquei sabendo da sua história. Só quero te desejar a melhor sorte possível em sua recuperação. Eu não consigo compreender o que você está passando, mas, se já aprendi algo, é que se esforçar o máximo para atingir a meta mais próxima é uma das melhores recompensas que você pode ter. Eu espero que você alcance todas suas recompensas que puder. Admiro seu esforço e espero que você mantenha a fé, porque tudo acontece por alguma coisa. Seu trabalho não é à toa e será recompensado um dia”, disse a lutadora.

Pouco depois, Watts respondeu à lutadora com um vídeo, se mostrando sensibilizado com a atitude da campeã. “Oi, Ronda. Aqui é Steve Watts e queria responder o seu vídeo gentil e simpático. Você mostrou ser muito gentil e sábia. E você está certa: pouquíssimas pessoas sabem o que é estar na minha pele. Você mantém as melhores pessoas ao seu redor e trabalha seu máximo, e é o máximo que pode fazer. Isso é que é ser um guerreiro: seja quais consequências você tem, você lida com elas e segue em frente. Agradeço por sua mensagem e te desejo o melhor”, declarou.

Ronda Rousey voltará ao octógono do UFC em novembro, quando defende seu título por mais uma vez diante de Holly Holm. A luta, que será a atração principal do UFC 193, acontecerá no Etihad Stadium, em Melbourne, na Austrália.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments