Ronda revela seu ritual pós-luta: Silêncio, banho feliz e asinhas de frango

Campeã revelou que sempre repete três passos após sua vitória no UFC e lembrou qual foi sua comemoração mais marcante

Ronda (foto) volta ao octógono em novembro, contra Holm. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda (foto) volta ao octógono em novembro, contra Holm. Foto: Josh Hedges/UFC

No mundo dos esportes, rituais tanto dentro quanto fora das quadras são comuns – ou você nunca reparou no fato de Jon Jones sempre entrar agachado no octógono ou mesmo nos inúmeros tiques do tenista Rafael Nadal? Pois a campeã peso galo do UFC Ronda Rousey também tem suas próprias manias, mas, diferentemente dos atletas citados, elas incluem principalmente o que a loira faz após conquistar suas vitórias.

Veja Também

Ronda desconversa sobre críticas de mãe a técnico
Ronda sonha alto e quer ser campeã no boxe, jiu-jitsu e telecatch
Pacquiao diz que negocia revanche com Mayweather
UFC cogita dar nome a novo ginásio de Las Vegas

“Há algumas etapas. Quando eu vou para a tenda médica, é o meu primeiro momento quieto, quando não tem muita gente me olhando. Então eu tiro o cinturão e coloco na mesa, e aí eu ainda tenho o teste antidoping e a coletiva de imprensa. Quando volto, tomo banho antes de sair para comer as asinhas de frango, e esse é meu primeiro momento sozinha de verdade. É aquele momento em que você olha para o espelho e se pergunta: ‘O que eu acabei de fazer hoje?’. E aí eu tomo o que eu chamo de ‘banho feliz’, porque não consigo parar de gargalhar de tão feliz que estou no chuveiro. E, depois, é quando como as asas de frango. Então são meus três momentos”, revelou Ronda, em entrevista ao jornal oficial “UFC Tonight”.

Entre todas as vezes que tomou seu “banho feliz”, Ronda lembra que a mais marcante delas foi logo após o massacre sobre Cat Zingano, até hoje a vitória mais rápida de sua carreira. “O momento mais feliz no chuveiro até hoje foi depois da luta contra a Cat Zingano. Demorou um pouco para eu parar de rir e sair do chuveiro. Eu estava muito feliz, porque há muito estresse envolvido em uma luta”, contou.

Ronda terá a próxima chance de repetir seu ritual da vitória no dia 14 de novembro. Na data, a campeã coloca seu cinturão em jogo diante da também invicta desafiante Holly Holm na luta principal do UFC 193. O evento acontecerá no Etihad Stadium, um estádio de futebol com capacidade para mais de 70 mil torcedores, em Melbourne, na Austrália.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments