Ex-segurança do ‘Caçador de Crocodilos’ nocauteia no card preliminar do UFC 193

Kyle Noke venceu Peter Sobotta com um chute na linha de cintura muito potente; confira os resultados da programação inicial

K. Noke (dir.) venceu Sobotta (esq.) com um chute na linha de cintura. Foto: Quinn Rooney/UFC

K. Noke (dir.) venceu Sobotta (esq.) com um chute na linha de cintura. Foto: Quinn Rooney/UFC

Veja Também

UFC 193 – Ronda Rousey x Holly Holm – Resultados
Ronda Rousey e Holly Holm quase partem para briga em pesagem oficial do UFC 193
Thiago Pitbull lesiona a costela e está fora do UFC Seul

Antes de estrear no MMA, o australiano Kyle Noke trabalhou como segurança particular e entre seus principais clientes esteve o “Caçador de Crocodilos” Steve Irwin, que faleceu em 2006 vítima do ataque de uma arraia. Reconhecido pelo público pelo trabalho junto a uma das grandes estrelas do país, Noke subiu ao octógono na penúltima luta do card preliminar do UFC 193, neste sábado (14), em Melbourne, e fez a festa da torcida nocauteando Peter Sobotta ainda no primeiro round.

Noke já levantou os mais de 25 mil torcedores que chegaram mais cedo no Etihad Stadium, estádio com capacidade para mais de 70 mil torcedores que promete bater o recorde de público da organização, logo em sua entrada, ao escolher como música a famosa “Land Down Under”, do grupo australiano “Men at work”.

No octógono, o que se viu não foi diferente. Noke controlou as ações e dominou a trocação, mas o grande momento de sua atuação foi mesmo o nocaute, conquistado após um chute frontal certeiro no abdome de Sobotta, que imediatamente acusou o golpe. Kyle ainda aplicou mais alguns socos para conferir no chão antes de ser declarado vencedor por nocaute técnico a dois minutos e sete segundos da parcial inicial.

Atletas da casa alternam bons e maus resultados

Apesar do triunfo de Kyle Noke, a participação dos australianos no card preliminar do UFC 193 foi marcada pela inconstância, com alternância entre ótimos e péssimos resultados. Enquanto Anton Zafir e Anthony Perosh acabaram nocauteados, respectivamente, por James Moontasri e Gian Villante, Richie Vaculik acabou derrotado na decisão unânime dos jurados para Danny Martinez. No extremo oposto, além do já citado Kyle Noke,  os australianos também comemoraram a vitória do jovem Jake Matthews, que venceu Akbarh Arreola por interrupção médica, e de Richard Walsh e Dan Kelly, ambos na decisão dos juízes.

Confira abaixo os resultados do UFC 193:

CARD PRINCIPAL

Ronda Rousey x Holly Holm

Joanna Jedrzejczyk x Valérie Létourneau

Mark Hunt x Antônio Pezão

Robert Whittaker x Uriah Hall

Stefan Struve x Jared Rosholt

CARD PRELIMINAR

Jake Matthews venceu Akbarh Arreola por TKO (interrupção médica) no R2.

Kyle Noke nocauteou Peter Sobotta (golpes no corpo) aos 2m07s do R1;

Gian Villante nocauteou Anthony Perosh (cruzado de encontro) aos 3m56s do R1;

Danny Martinez derrotou Richie Vaculik em decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27 e 30×27)

Dan Kelly venceu Steve Montgomery em decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28 e 29×28);

Richard Walsh venceu Steve Kennedy em decisão unânime dos juízes (29×28, 30×27 e 30×27);

James Moontasri venceu Anton Zafir por TKO (chute e soco giratório) aos 4m36s do R1;

Ben Nguyen finalizou Ryan Benoit com um mata-leão aos 2m35s do R1.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments