Maior inimigo do UFC em Nova York, político é condenado por corrupção

Sheldon Silver foi considerado culpado, entre outros crimes, por fraude, lavagem de dinheiro e extorsão

Sheldon Silver (centro) foi condenado a pelo menos 20 anos de prisão. Foto: AP

Sheldon Silver (centro) foi condenado a pelo menos 20 anos de prisão. Foto: AP

Mesmo sem estar diretamente relacionado ao julgamento, o MMA conquistou uma grande vitória nesta segunda-feira (30) e deu mais um passo rumo à legalização no estado de Nova York – único nos Estados Unidos que ainda mantém a proibição ao esporte. Isso porque o político que é considerado o maior inimigo da modalidade foi condenado por corrupção e terá que ceder seu lugar na assembléia legislativa.

Veja Também

GIRO SUPER LUTAS #02 – UFC Coreia| Novo Pride | War Machine, Christy Mack | Aldo x McGregor e mais
Comissão adia definição de julgamento de Wand
Comissão define árbitros e juízes para Aldo x McGregor
Ainda sem luta no UFC, Anderson Silva ministra seminário no BOPE

Segundo os principais órgãos de imprensa do estado, o congressista Sheldon Silver, que ocupou uma cadeira na assembléia pelos últimos 20 anos e foi um dos opositores mais ferrenhos do MMA no poder legislativo, foi condenado por diversos crimes, entre eles fraude, lavagem de dinheiro e extorsão.

Pelos crimes, Sheldon poderia chegar a pegar 120 anos de cadeia, mas a tendência é que a pena seja revista e fique na casa de 20 anos de prisão. Mesmo assim, é bastante improvável que o ex-congressista cumpra a pena, mesmo que parcialmente, já que ele já tem 71 anos de idade.

Sob um novo comando, agora sob a chancela do também democrata Carl Heastie, a Câmara de Nova York votará o fim ou não do banimento do MMA no estado no próximo mês de fevereiro. A despeito disso, e também como forma de pressão por um resultado favorável, a organização do Ultimate já agendou um evento grande evento para o Madison Square Garden, na cidade de Nova York: o UFC 198, marcado para o próximo mês de abril.

Até hoje, o UFC realizou apenas um evento no estado de Nova York, sua sétima edição em 1995, na cidade de Buffalo, antes do embargo ao MMA entrar em vigor. Apesar da queda de seu maior opositor na câmara, o Ultimate ainda enfrentará oposição ferrenha da “Cullinary Union 226” (sindicato de hoteleiros e trabalhadores do setor culinário), que tem grande poder e influência no estado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments