Miesha Tate apaga Holly Holm, surpreende e conquista título do UFC

Desafiante conseguiu encaixar mata-leão no último round e quebrou invencibilidade da agora ex-campeã

Tate é a nova campeã do UFC. Foto: Christian Petersen/Zuffa LLC/

Tate é a nova campeã do UFC. Foto: Christian Petersen/Zuffa LLC/

A zebra voltou a passear na luta pelo título da categoria galo feminina. No segundo combate mais importante do UFC 196, neste sábado (5), em Las Vegas (EUA), Miesha Tate destronou Holly Holm nos minutos finais para se tornar a nova campeã da categoria até 61 kg do Ultimate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na verdade, Miesha ficou muito perto de conseguir a vitória no segundo round, quando levou a luta ao solo e quase encaixou um estrangulamento. Contudo, Holm sobreviveu e continuou controlando a luta, com boas combinações de mão e pernas.

O combate chegou ao seu round decisivo com Holm muito provavelmente à frente na pontuação. Tate tentava quedas, mas todas eram rechaçadas pela campeã. Porém, Miesha deu um bote certeiro e conseguiu pegar as costas de Holm.

PUBLICIDADE:

Em seguida, a desafiante encaixou um mata-leão bastante justo. No desespero, Holly tentou desvencilhar os braços, mas sem sucesso. Então, a então campeã tentou uma cambalhota a fim de fazer Miesha perder a posição, mas o estrangulamento ficou ainda mais apertado. A 1min30s para o fim do tempo regulamentar, Holm não resistiu, apagou e viu a rival tomar o cinturão.

“Me senti como um pitbull agarrando um osso. Ela foi muito guerreira e recusou a se bater, que nem uma campeã deve fazer”, elogiou Tate, ainda emocionada instantes após o combate.

Assim, Tate se torna a terceira campeã da história da divisão galo feminina. A primeira, Ronda Rousey, foi desbancada justamente por Holm em novembro do ano passado, com um nocaute que chocou o mundo do MMA. Agora, “Cupcake”, que já perdeu por duas vezes para Ronda no passado, é a mulher a ser batida da categoria.

PUBLICIDADE:

Resultados do UFC 196:

CARD PRINCIPAL

Miesha Tate finalizou Holly Holm com um mata-leão aos 3min30s do R5

PUBLICIDADE:

Ilir Latifi derrotou Gian Villante na decisão unânime dos juízes (triplo 30 a 27)

Corey Anderson derrotou Tom Lawlor na decisão unânime dos juízes (duplo 30 a 27, 29 a 28)

Amanda Nunes derrotou Valentina Shevchenko na decisão unânime dos juízes (duplo 29 a 27, 29 a 28)

CARD PRELIMINAR

Siyar Bahadurzada finalizou Brandon Thatch com um katagatame aos 4min11s do R3

Nordine Taleb nocauteou Erick Silva com um soco aos 1min34s do R3

Darren Elkins derrotou Chas Skelly na decisão unânime dos juízes (30 a 27, 29 a 27, 30 a 26)

Diego Sanchez derrotou Jim Miller na decisão unânime dos juízes (triplo 29 a 28)

Jason Saggo derrotou Justin Salas por nocaute técnico aos 4min31s do R1

Teruto Ishihara nocauteou Julian Erosa com socos aos 34s do R2

[vox id=”40418″]









Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Comentários

Deixe um comentário

Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC