‘Luta com Edgar é o primeiro passo para retomar o que foi perdido’, diz Aldo

Brasileiro admite que esperava enfrentar McGregor no UFC 200, mas garante: ‘Até o fim do ano, o cinturão estará comigo’

Aldo (esq.) e Edgar (dir.) se enfrentaram em 2013. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Aldo (esq.) e Edgar (dir.) se enfrentaram em 2013. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

A confirmação de José Aldo no UFC 200 foi uma espécie de “copo meio cheio” para o lutador brasileiro. Se por um lado o ex-campeão terá a desejada chance de disputar um cinturão, por outro, a cobiçada revanche contra Conor McGregor terá de ficar para depois.

Veja Também

José Aldo enfrenta Frankie Edgar por cinturão interino no UFC 200; McGregor faz revanche contra Diaz
Focado no UFC 200, McGregor cancela participação em filme de Vin Diesel
Empresário: ‘McGregor entrará para a história como o campeão que correu do Edgar’

No dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA), Aldo enfrenta Frankie Edgar pelo cinturão interino da categoria dos penas. Para o brasileiro, o combate contra o velho conhecido será apenas o primeiro passo rumo ao seu objetivo final. “Não era a luta que a gente esperava, mas esse pode ser o primeiro passo para reconquistar o que foi perdido”, comentou o manauara, em entrevista ao site do canal “Combate”. “Estou querendo muito esse combate, estou morto de sede e morto de fome e quero muito. Isso para mim vale muito mais do que um copo d’água e um prato de comida. Quero chegar lá e vencer bem, porque, como eu falei, é um próximo passo para eu reconquistar o cinturão. Primeiro eu tenho que passar por ele, e assim vai ser feito”, garantiu.

Além disso, Aldo garante que a luta contra Edgar é o primeiro passo para a concretização de sua “profecia”: “Volto a falar o que eu já avisei logo depois da nossa luta: eu falei que até o final do ano o Conor não teria mais nenhum cinturão, estaria acabado, então pode ter certeza que para mim, não importa qual o resultado da luta que ele vai fazer, eu sei que vou vencer a minha luta e eu sei que até o final do ano o cinturão estará de volta comigo”, declarou.

Aldo e Edgar já se enfrentaram uma vez, em fevereiro de 2013, com vitória apertada do brasileiro na decisão dos juízes. McGregor, que nocauteou Aldo em 13s em dezembro de 2015, também estará no UFC 200: ele fará uma revanche contra Nate Diaz, em combate que não valerá o cinturão e que será realizado na categoria dos meio-médios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments