Ferguson detalha problema que o tirou de luta com Khabib: ‘Poderia ser fatal’

Lutador norte-americano preferiu colocar ‘família em primeiro lugar’ e propôs que combate com russo seja remarcado para maio

Ferguson ficou de fora do UFC em Tampa. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Ferguson ficou de fora do UFC em Tampa. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Veja Também

Ferguson se machuca e Glover x Evans será a luta principal do UFC Tampa
Vídeo: Lutador do UFC desmaia humorista com estrangulamento
Werdum sugere luta contra Fedor em evento do UFC na Chechênia

O UFC mais uma vez sofreu com lesões e foi obrigado a alterar a luta principal de um evento. Tony Ferguson foi cortado do combate contra Khabib Nurmagomedov, no dia 16 de abril, em Tampa (EUA), devido à presença de sangue e fluído em seu pulmão. Por mais que se trate de um problema incomum, o norte-americano explicou que sua saída da luta era necessária, pois qualquer dano adicional ao seu corpo poderia ter consequências seríssimas.

Ferguson foi à sua conta no Instagram para dar mais detalhes do que aconteceu. “Estou fora da luta devido à presença de sangue e fluído no meu pulmão. Normalmente eu consigo passar por problemas, mas o médico disse que não seria inteligente lutar desse jeito. Qualquer outro trauma adicional poderia ser fatal. Há coisas mais importantes para mim, como a garantia de que eu vou estar aqui pela minha família, que vem em primeiro lugar”, escreveu o atleta, cuja esposa está grávida.

Assim, Ferguson acredita que estará 100% recuperado em questão de semanas, o que o fez propor o reagendamento da luta com Nurmagomedov. “Me deem algumas semanas. Khabib já deixou lutas por três vezes, enquanto que, comigo, aconteceu só uma vez em toda a minha carreira. Eu vou voltar. É uma droga que isso aconteça, mas tenho pensamento positivo. Ofereço uma luta eliminatória pelo cinturão a Khabib para o dia 29 de maio. Preciso só de algumas semanas para melhorar e voltar ao trabalho. Aceite a luta, Khabib”, continuou.

Ferguson, de 32 anos de idade, vem em ótimo momento no UFC. “El Cucuy”, como é conhecido, obteve sete vitórias seguidas, inclusive sobre Edson Barboza e Josh Thomson.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments