Henderson relata perdas financeiras com cancelamento de luta com Lyoto

Veterano norte-americano não receberá nenhum pagamento pelo UFC Tampa e terá de se contentar com ajuda de Dana White

Sendo ficou irritado com Lyoto. Foto: Divulgação

Sendo ficou irritado com Lyoto. Foto: Divulgação

As frustrações de Dan Henderson pelo cancelamento inesperado de sua luta contra Lyoto Machida vão muito além do âmbito esportivo. O veterano norte-americano afirmou que ficará em situação financeira mais complicada pelo fato de que não receberá o pagamento que esperava neste fim de semana.

Veja Também

Lyoto admite uso de substância proibida e luta com Henderson é cancelada
Dan Henderson detona Lyoto após doping: ‘Monte de m***’
Após polêmica de Lyoto, Henderson deve enfrentar Hector Lombard no UFC 199

A luta entre Henderson e Lyoto foi cancelada após o brasileiro admitir à Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) na semana passada que havia ingerido uma substância proibida. Devido à proximidade do evento, o UFC retirou Henderson do card em Tampa (EUA) e marcou outro combate para o veterano em junho, no UFC 199.

Em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”, Henderson afirmou que nem mesmo ficará com o pagamento mínimo que os lutadores recebem na semana dos eventos. “Não vou receber nenhum dinheiro por comparecer. Infelizmente, não sou pago se não lutar. Também não vou receber nenhum dinheiro da Reebok, nem nada. Dana [White, presidente do UFC] me ofereceu um pouco de dinheiro para ajudar no pagamento de custos de treinamentos, mas eu ainda assim fico em situação difícil, especialmente porque é época de pagar impostos. Eu já contava com o salário [pela luta]. O que Dana me ofereceu é insignificante perto do que ganharia se lutasse”, explicou.

Henderson não retirou de Lyoto a responsabilidade pelos acontecimentos. “Ele ferrou com os planos de muita gente. Cerca de 50 pessoas vão vir da Califórnia para me ver lutar, então tem muita gente irritada com ele agora. E eu já paguei por tudo. Ele afetou muita gente”, lamentou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments