Rafael Dos Anjos analisa luta contra Alvarez e projeta vitória por finalização

Brasileiro também disse que não se surpreendeu com a escolha de Alvarez como seu desafiante

RDA (foto) soltou o verbo contra McGregor. Foto: Josh Hedges/UFC

RDA (foto) volta a luta na semana do UFC 200. Foto: Josh Hedges/UFC

Após ouvir de seu próximo desafiante Eddie Alvarez que perderá o cinturão sendo “destronado de forma violenta”, o campeão dos leves Rafael dos Anjos resolveu apresentar sua própria versão para a luta principal do UFC Fight Night 90, marcado para o dia 7 de julho em Las Vegas (EUA). Analisando o combate diante de Alvarez, Rafael dos Anjos disse ver diversas possibilidades para o desfecho da luta, mas apostou em uma finalização sua para manter o título.

Veja Também

Alvarez promete destronar Dos Anjos de forma violenta
Dana White garante: Ronda voltará em disputa pelo título
‘UFC promove mais os arrogantes’, diz Henderson

“Não vejo essa luta durando os cinco rounds. Vou na pressão. Gostaria de finalizar, faz muito tempo que não finalizo uma luta no UFC, então gostaria muito de voltar às raízes e finalizar. Acredito que pode ser desta forma. Acho que tenho várias formas de ganhar essa luta, mas creio que finalizarei. Acho que ele vai tentar me abafar na grade, tentar derrubar, jogar por cima, mas vou chegar preparado para tudo, porque ele também é versátil e tenho que ficar malandro. Mas acredito que ele tentará derrubar e ganhar nos pontos. Ele tem a direita pesada, gosta de andar para a frente, faz lutas boas e movimentadas. De repente pode ser (que eu seja favorito como nunca antes). Estou confiante. O Alvarez é duro, era campeão de outra organização, perdeu para o Cerrone, ganhou do Melendez e Pettis, dois grandes nomes, então vou chegar lá e fazer meu trabalho firme como sempre”, disse o campeão, ao site do canal “Combate”.

Dos Anjos também disse que não se surpreendeu com a escolha de Alvarez como seu próximo adversário. Na verdade, o brasileiro garantiu que até esperava que a luta fosse ser marcada mais cedo ou mais tarde. “Já estava mais ou menos esperando por isso depois que casaram o Conor McGregor com o Nate Diaz. Ele é o único cara, número 1, então é isso aí. Mais uma luta e já estava pronto para lutar com o McGregor (em março) quando me machuquei. Quero lutar. Na verdade, estava atirando para todos os lados, querendo até a categoria de cima. Só queria lutar porque nunca fiquei na situação de treinar e não lutar, então recebi bem a notícia de que iria enfrentar o Alvarez”, concluiu.

Rafael dos Anjos e Eddie Alvarez duelam pelo cinturão dos pesos leves na luta principal do UFC Fight Night 90, no dia 7 de julho, em Las Vegas (EUA). O evento, que acontece na MGM Grand Garden Arena, será o primeiro da série de três consecutivos que culminarão com a realização do UFC 200, no sábado, dia 9 de julho, também em Vegas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments