Jon Jones assume abuso de drogas: ‘Eu era um viciado’

Ex-campeão, no entanto, não falou sobre o uso de cocaína, mas se disse viciado em maconha

Jones (foto) é ex-campeão dos meio-pesados do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Jones (foto) é ex-campeão dos meio-pesados do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Ao longo dos últimos meses, Jon Jones colecionou polêmicas e, muitas delas estiveram envolvidas com o consumo de drogas recreativas. Prestes a voltar ao octógono após ter sido suspenso e destituído do cinturão da categoria peso meio-pesado do Ultimate, Jones resolveu quebrar o silêncio e falar sobre a primeira vez sobre seu histórico com drogas, assumindo publicamente que era viciado.

Veja Também

Jon Jones acusa Cormier de fingir lesão e fugir de revanche
Jones surpreende e consola desafeto Rashad Evans após derrota para Glover
Rafael Dos Anjos analisa luta contra Alvarez e projeta vitória por finalização

“Eu era um viciado. As pessoas não percebem que você pode ser um viciado mesmo sem aparentar ser. Se você fuma quando acorda, antes de comer, antes dos treinos, antes de dormir, antes de ver um filme e antes de estudar, por exemplo, você é um viciado. Não é preciso usar drogas pesadas para se viciar. Se você gasta muito dinheiro com isso, e seus amigos também, e se você não se relaciona com pessoas que estão sempre sóbrias, você é um viciado. Acho que esse é o problema que as pessoas têm com a maconha. Elas não consideram maconha uma droga”, disse o lutador, ao jornal norte-americano “USA Today”.

Flagrado em um exame antidoping no ano passado com metabolitos de cocaína no organismo, Jones não falou sobre o uso drogas estimulantes, mas disse que consumia maconha regularmente. “Fumar era literalmente o que eu fazia entre as lutas. Eu ficava lá, sentado, curtindo a vida e me achando um hippie. Não achava que estava prejudicando ninguém e não me sentia uma má pessoa. E eu passei a gostar de ser assim, porque sentia que aquilo me preservava de toda a negatividade e dos males do mundo. Eu só saía da minha caverna pessoal para lutar”, garantiu.

Jon Jones volta ao octógono no próximo sábado (23), diante de Ovince St. Preux na luta principal do UFC 197. O duelo entre Bones e OSP será válido pelo cinturão interino da categoria de pesos meio-pesados, e a chance de posteriormente desafiar o campeão linear Daniel Cormier na unificação dos títulos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments