Saída de McGregor do UFC 200 representa perda de R$ 160 milhões para o evento

Segundo canal norte-americano "ESPN", valor exorbitante é a soma dos prejuízos acumulados pelo corte do irlandês

Conor (foto) enfrentará Diaz no UFC 196. Foto: Josh Hedges/UFC

Conor (foto) perdeu e fez perder muito dinheiro. Foto: Josh Hedges/UFC

Recentemente, foi divulgado que o irlandês Conor McGregor estaria abrindo mão de um pagamento de aproximadamente US$ 10 milhões (cerca de R$ 35 milhões, pela cotação atual) por sua saída do UFC 200, evento marcado para o dia 9 de julho e do qual foi cortado por se recusar a participar da agenda promocional. Porém, o irlandês não será o único a perder milhões com a polêmica.

Veja Também

Dana White desmente retorno de McGregor ao UFC 200
Conor McGregor garante que está de volta ao UFC 200
Entenda o que aconteceu com o canal do SUPER LUTAS no YouTube
Aldo e Dos Anjos alfinetam McGregor por saída do UFC 200

Segundo levantamento feito pelo canal norte-americano “ESPN”, todo o prejuízo acumulado pela saída de Conor McGregor do card pode ultrapassar a casa dos US$ 45 milhões para o UFC, considerando a diferença de vendas de PPV sem o irlandês, números de bilheteria, vendas de produtos licenciados e presenças de fãs em festas e eventos oficiais.

Apesar dos milhões de motivos para repensar a saída de Conor, o presidente Dana White foi enfático nesta segunda-feira (25) e disse que o irlandês está fora do UFC 200, ao comentar a declaração do lutador de que estaria de volta ao card. “Não sei quantas vezes mais terei que dizer que a luta não acontecerá. Não sei mais a quantas coletivas eu terei comparecer para dizer isso e as pessoas acreditarem. Pela última vez, Conor McGregor está 100% fora do UFC 200”, disparou o dirigente.

Até o momento, o UFC 200 segue sem luta principal. O evento, marcado para o dia 9 de julho na “T-Mobile Arena” em Las Vegas (EUA), tem duas disputas de cinturão confirmadas para sua programação: a disputa do título interino dos penas entre José Aldo e Frankie Edgar e a primeira defesa de cinturão de Miesha Tate diante da brasileira Amanda Nunes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments