Autor de homicídio, ex-lutador de MMA é morto pela polícia na Indonésia

Amokrane Sabet tinha 49 anos e, segundo a imprensa local, havia cometido diversos crimes na região de Bali

Sabet (foto) durante abordagem policial. Foto: Reprodução

Sabet (foto) durante abordagem policial. Foto: Reprodução

O ex-lutador de MMA francês Amokrane Sabet, foi morto a tiros pela polícia da Indonésia nesta terça-feira (03), em Bali, cidade onde morava nos últimos anos. Sabet havia assassinado um policial a facadas momentos antes da abordagem que culminou em sua morte.

Veja Também

Campeão mundial de boxe, Amir Khan sonha com luta contra McGregor
Lutador do Bellator atropelado segue em estado grave após cirurgia cardíaca
Mayweather diz que negou oferta multimilionária para voltar ao boxe

Segundo relatos da imprensa local, o lutador vinha causando problemas há muito tempo na região, e tinha contra si diversas acusações de agressão, distúrbio, ameaça e ainda vivia no local sem um visto válido. De acordo com o site “Bali Coconuts”, o chefe de polícia local Sugeng Priyanto teria ordenado que tiros de advertência fossem disparados contra Sabet, que havia atacado um oficial com uma faca, mas ele resistiu à prisão e foi atingido.

Amokrane Sabat, francês de ascendência árabe, tinha 49 anos. Ele fez somente quatro lutas no MMA, a maioria delas pelo evento britânico UCMMA, com um retrospecto de uma vitória e três derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments