Dana White põe em xeque retorno de Ronda em 2016: ‘Só depende dela’

Segundo dirigente, Rousey sempre foi uma campeã ativa e merece tirar um tempo de folga, se assim desejar

Dana (esq.) e Ronda (dir.): melhores amigos, segundo o dirigente. Foto: Divulgação

Dana (esq.) não crava Ronda (dir.) lutando nos próximos meses. Foto: Divulgação

Desde que foi Ronda Rousey foi derrotada por Holly Holm e perdeu o cinturão peso galo feminino, seu retorno ao octógono tem sido tratado como uma grande incógnita. Rumores dão conta de que a volta de Ronda aconteceria no próximo mês de novembro, na estreia do Ultimate na cidade de Nova York, mas o presidente Dana White não parece tão seguro de que a ex-campeã lutará até o fim do ano.

Veja Também

Cyborg, sobre recusa de Holly Holm em enfrentá-la: ‘Não surpreende’
‘Vou ser conhecida como a mulher que destruiu Cyborg’, garante Smith
Galeria: Relembre os problemas de última hora que atrapalharam a vida do UFC

“A Ronda vai nos dizer quando estiver pronta para lutar novamente. Eu realmente gostaria que ela lutasse ainda esse ano. Espero que ela faça isso, só depende dela. Mas, se você olhar nos últimos três anos, verá que a Ronda foi uma das atletas que mais trabalhou. Então, ela merece esse tempo”, disse Dana, ao programa de TV “Dan Patrick Show”.

Ronda Rousey vinha invicta no MMA até novembro do ano passado, quando foi nocauteada por Holly Holm e, de quebra, perdeu o cinturão peso galo do Ultimate. Holm não ficou muito tempo com o título e foi superada por Miesha Tate em março e a divisão peso galo feminina agora tem como campeã uma das maiores rivais de Ronda, e que inclusive foi derrotada por ela duas vezes ao longo de sua carreira.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments