Para Dominick Cruz, McGregor é 'vítima do seu próprio sucesso' no UFC | SUPER LUTAS

Para Dominick Cruz, McGregor é ‘vítima do seu próprio sucesso’ no UFC

Campeão dos galos destacou a ironia da situação, já que o que motiva a fama do irlandês é justamente o que o atrapalha

Cruz (foto) não está interessado em trilogia com Faber. Foto: Josh Hedges/UFC

Cruz (foto) fará trilogia com Faber. Foto: Josh Hedges/UFC

Nos últimos meses, após uma ascensão meteórica no octógono, Conor McGregor tem vivido suas primeiras turbulência no UFC, com a derrota para Nate Diaz, os desentendimentos com a direção do evento e sua saída do UFC 200. Na opinião do campeão dos galos e comentarista oficial do Ultimate na TV norte-americana, Dominick Cruz, estes problemas são consequência justamente do contexto que levou McGregor ao estrelato.

Veja Também

“Quando você pensa no que o UFC quer, a resposta é simples: eles querem que você esteja na mídia. O problema é que Conor McGregor é vítima do seu próprio sucesso. Ele é tão bom em fazer mídia que eles vão sempre pedir para ele fazer milhares de entrevistas e aparições em programas de TV e rádio. Mas vou ser honesto: se o UFC me dissesse: ‘Dominick, vamos te pagar 100 vezes o que você ganha hoje, e você vai ganhar o mesmo que Conor McGregor’. Eu dormiria na casa dos repórteres por todo o meu camp e comeria tudo que vocês comem, faria todas as entrevistas de rádio e TV e ainda estaria pronto para lutar”, disse Cruz, ao programa “The MMA Hour”.

Além disso, Cruz ressaltou a ironia da situação. “É meio confuso. Ele ganha uma fortuna para cumprir os compromissos de mídia, e as pessoas querem vê-lo. Existe uma demanda imensa e, por isso, ela acaba trabalhando exatamente contra ele”, analisou.

Dominick Cruz volta ao octógono no próximo sábado (04), em Los Angeles (EUA). Na data, o campeão dos galos coloca seu cinturão em jogo na trilogia contra Urijah Faber. O duelo será a luta co-principal do UFC 199, evento que terá como main event a disputa do cinturão dos médios entre Luke Rockhold e Michael Bisping.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments