Faber acusa Cruz de doping e alfineta: ‘Temo que ele abandone a luta’

Desafiante ao título no UFC 199 ironizou os longos períodos de inatividade do rival

Faber (foto) reviveu as rusgas do passado com Duane Bang. Foto: Josh Hedges/UFC

Faber (foto) esquentou o clima pra luta contra Cruz. Foto: Josh Hedges/UFC

Ex-campeão dos galos, Dominick Cruz vive às voltas com problemas físicos e já saiu de diversas lutas ao longo de sua carreira por lesões. Rival histórico de Cruz, Urijah Faber, seu adversário no UFC 199, no próximo sábado (04), fez questão de se precaver e, com um toque de provocação, disse que pediu ao Ultimate que fique de olho no desafeto para que ele não saia também da disputa do título da divisão até 61 kg.

Veja Também

Para Dominick Cruz, McGregor é ‘vítima do seu próprio sucesso’ no UFC
Garbrandt provoca: ‘Sabia que o Thominhas tinha um queixo suspeito’
Anderson Silva volta a treinar após cirurgia que o tirou do UFC 198

“Essa foi uma preocupação que tive. Tenho minhas dúvidas se ele está treinando duro, ele tem um estilo esquisito e compete em um esporte para o qual não foi feito. Então, tenho a preocupação de que ele abandone o duelo. Pedi ao UFC para que sejam tomadas medidas extras de modo a garantir que tenham pessoas ajudando ele para que ele faça a luta comigo”, disse o “California Kid”, ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Mas Faber não parou por aí. O ex-campeão do WEC também acusou o rival de fazer uso de substâncias para aumento de desempenho. “O Cruz é dopado. Eu sempre entendi esse cara. Eu não penso muito nele, mas ele gasta muito tempo pensando em mim e penso que o motivo é porque eu continuo lutando. Ele está sentando por aí, sem fazer nada. Quem sabe o que ele tem feito? Eu tenho lutado e tenho mantido minha cabeça focada. Acho que o Cruz pensa que é melhor do que ele realmente é e eu acho isso bem divertido”, concluiu.

Cruz e Faber acertam suas diferenças no octógono no próximo sábado, 4 de junho, em Las Vegas (EUA), na luta co-principal do UFC 199. Os rivais já se enfrentaram outras duas vezes anteriormente, com uma vitória para cada. As lesões, aliás, já impediram a realização da trilogia entre a dupla, que aconteceria em 2012, mas jamais saiu do papel, até agora.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments