Mãe analisa luta entre filhos no WSOF: ‘Será difícil de assistir’

Susan, que adotou Caros e Ben Fodor, adversários no mês que vem, espera que nenhum de seus filhos saia machucado do cage

Ben (esq.) e Caros (dir.), irmãos Fodor. Foto: Produçaõ SUPER LUTAS

Ben (esq.) e Caros (dir.), irmãos Fodor. Foto: Produçaõ SUPER LUTAS

O WSOF 32, que acontece no dia 30 de julho, em Washington (EUA), terá uma luta inusitada entre os irmãos adotivos Caros e Ben Fodor. O duelo chama a atenção desde já do público, mas há uma pessoa em especial que sofre com o aproximar do combate: a mãe dos lutadores.

Veja Também

Lutador de MMA se veste de super-herói para combater o crime em sua cidade natal
‘Super-herói’ Phoenix Jones lutará contra seu irmão no WSOF

Susan, que adotou Caros e Ben quando estes eram ainda crianças, revelou que é difícil ver seus dois filhos se enfrentando dentro da jaula. “Esperava que isso nunca aconteceria, mas, por outro lado, não é uma surpresa. Minha perspectiva é diferente porque sou a mãe. Sinto pelos dois garotos, e não vejo a luta da mesma forma que eles. Eles acham que isso é algo necessário, mas não vejo dessa forma. Sei que eles pensam nos meus sentimentos, porque eles sabem que estou preocupada”, comentou a mãe, em entrevista ao site “MMA Fighting”.

Mesmo assim, ela pretende encarar o ocorrido com neutralidade. “Eu os apoio e sei que eles trabalham duro por isso. Será difícil de assistir, e acho que isso foi longe demais. Minha principal preocupação é que quero que ninguém se machuque, e o que eles farão depois da luta é algo que eles precisam pensar”, completou.

Ben Fodor, que ganhou fama ao se vestir como o herói Phoenix Jones e combater crimes nas ruas, tem cartel profissional de seis vitórias, uma derrota e um empate. Já Caros, que chegou a lutar no UFC, tem retrospecto de 10-5.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments