‘Estou em minha melhor fase, e Ronda está na pior’, avalia Miesha

Campeã peso galo do UFC acredita que antiga rival ainda está incerta a respeito de seu retorno às lutas

Ronda e Miesha são rivais de longa data. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda e Miesha são rivais de longa data. Foto: Josh Hedges/UFC

O cenário da divisão galo feminina do UFC mudou radicalmente de um ano para cá. E a nova campeã do peso, Miesha Tate, considera que o novo panorama lhe favorecerá caso enfrente novamente sua antiga rival, Ronda Rousey, para quem já perdeu duas vezes no passado.

Veja Também

Campeã do UFC, Miesha reconhece: ‘Ronda vai me odiar até o dia de sua morte’
Ronda passa por cirurgia e só deve voltar em dezembro ou janeiro
Dana White põe em xeque retorno de Ronda em 2016: ‘Só depende dela’

Até 2015, Ronda era campeã dominante da categoria, e Miesha, por já ter sido derrotada pela então detentora do título, dificilmente disputaria o cinturão novamente. Contudo, Rousey caiu diante de Holly Holm, que, por sua vez, foi destronada por Miesha em março deste ano.

Com a maré ao seu favor, Miesha acredita que um novo duelo com Ronda teria resultado diferente em relação aos dois primeiros duelos. “É muito simples: eu vou vencer. É isso. Não sei como, não sei exatamente o que vou fazer, mas sei que estou mais forte do que jamais estive. Estou no melhor momento da minha carreira, com mais confiança. É a melhor versão da Miesha Tate, e ela está em seu pior. Ela está no ponto mais baixo de sua carreira. Acho que ela está pensando duas vezes se ela quer voltar ou não. Se eu acho que ela vai voltar como antes? Algo me diz que não, e tiro isso com base em suas entrevistas. Sinto que ela está com a cabeça em outro lugar que não seja nas lutas”, ponderou a campeã, em entrevista ao programa “The Exchange”, da plataforma online do UFC Fight Pass.

Antes de pensar em um novo combate com Ronda, Miesha tem outro compromisso já para o mês que vem: ela faz sua primeira defesa de título contra a brasileira Amanda Nunes no UFC 200. Ronda, que recentemente se submeteu a uma cirurgia no joelho, deverá voltar ao octógono só no início de 2017.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments