Cyborg desafia Miesha para luta de campeãs em Nova York

Diante do improvável retorno de Ronda Rousey em novembro, brasileira propôs à atual campeã do UFC um duelo

Cyborg atropelou Smith no UFC Curitiba. Foto: Divulgação

Cyborg atropelou Smith no UFC Curitiba. Foto: Divulgação

Atual campeã peso pena do Invicta FC, Cris Cyborg nunca escondeu seu desejo de enfrentar Ronda Rousey no octógono do UFC. No entanto, o duelo hoje em dia aparenta estar mais distante que nunca de se concretizar, o que fez com que a brasileira já começasse a procurar uma outra alternativa: a atual campeã do Ultimate, Miesha Tate.

Veja Também

Impressionada, Miesha desafia Cyborg: ‘Só mais 1,8kg e lutamos pelo cinturão’
Nutricionista assegura: Cyborg pode chegar a 61,2 kg, mas seu rendimento cairá
Cyborg deve defender cinturão do Invicta FC já em julho

Cyborg regularmente luta na categoria dos penas, com limite de 66 kg. Mesmo assim, Tate demonstrou recentemente seu objetivo de enfrentar a brasileira, mesmo que sua categoria de origem seja a dos galos (61 kg). Em sua conta no Twitter, Cyborg não só propôs o duelo como também sugeriu que ele acontecesse na estreia do UFC em Nova York, no dia 12 de novembro.

“Ei, Miesha Tate, se nenhuma de nós lutar com Ronda Rousey no UFC 205, deixe-me dar o teste que você pediu para que o UFC de desse. #CampeãvsCampeã”, postou a lutadora brasileira.

De fato, parece improvável que Ronda retorne em novembro. O presidente do UFC, Dana White, revelou que a lutadora fará uma cirurgia no joelho, o que a deixaria possibilitada a retornar à ativa somente no início de 2017.

Mas, antes de pensar em Cyborg, Miesha tem outro compromisso marcado, também contra uma brasileira: ela defenderá o cinturão dos galos no UFC 200, em 9 de julho, contra Amanda Nunes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments