Ex-lutador do UFC, Ryan Jimmo morre após discussão de trânsito no Canadá

Ex-lutador do UFC sofreu um atropelamento intencional após uma discussão no trânsito na cidade de Edmonton

R. Jimmo foi morto após um atropelamento intencional no Canadá

R. Jimmo foi morto após um atropelamento intencional no Canadá

O mundo do MMA está de luto. O canadense Ryan Jimmo, de 33 anos, foi morto neste domingo (26), vítima de um atropelamento intencional, no Canadá.

De acordo com a rede canadense “CBC News”, o lutador se envolveu em discussão com outro motorista, na cidade de Edmonton.

Veja Também

Lutador do Bellator, Kimbo Slice morre aos 42 anos de idade
Lutador atropelado não resiste e morre nos EUA
Campeões brilham e defendem cinturões no Jungle Fight 88
Chandler nocauteia Pitbull e conquista cinturão do Bellator; Rampage retorna com vitória

Após o bate-boca, o lutador foi de encontro ao outro veículo e depois de Jimmo se afastar, o motorista acelerou e jogou seu carro sobre o atleta. Ele fugiu na sequência do fato e ainda não foi identificado.

Jimmo chegou a ser socorrido por uma ambulância, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Ryan Jimmo faleceu com 19 vitórias e cinco derrotas como profissional. Ele fez sua estreia no Ultimate em 2012 e fez sua última aparição em maio do ano passado, quando foi derrotado pelo brasileiro Francimar Bodão.

Mais tragédias

O mundo do MMA tem sofrido várias perdas nas últimas semanas. No início deste mês, Kimbo Slice faleceu após um problema de coração. Já em maio, Jordan Parsons, ex-atleta do Bellator, também faleceu ao ser atropelado na Florida.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments