Treinador revela: dinheiro foi empecilho de McGregor x Mayweather

John Kavanagh, técnico do irlandês, diz que seu pupilo receberia apenas uma fatia da verba total movimentada pelo combate

C. McGregor (esq.) e Mayweather (dir.) fariam luta bilionária. Foto: Produção SUPER LUTAS (Divulgação)

C. McGregor (esq.) e Mayweather (dir.) fariam luta bilionária. Foto: Produção SUPER LUTAS (Divulgação)

Alguns meses atrás, muito se comentou a respeito da possibilidade de haver uma superluta de boxe entre o pugilista invicto Floyd Mayweather e o campeão do UFC Conor McGregor. Como os rumores esfriaram, o treinador do irlandês, John Kavanagh, explicou qual foi o fator que impossibilitou as negociações de seguirem adiante: o dinheiro.

Veja Também

‘Só volto a lutar se for contra McGregor’, diz Mayweather
‘Rumor de luta com Mayweather é para desviar foco da surra que dei em McGregor’, diz Diaz
Parceiro de treinos revela: McGregor não tem nível para enfrentar Mayweather
Técnico de Pacquiao: ‘McGregor não venceria um único round contra Mayweather’
Técnico garante: apesar de revanche contra Diaz, McGregor ainda enfrentará Mayweather

Em entrevista ao jornal “Business Post”, Kavanagh revelou que McGregor levaria para casa apenas uma pequena fatia da verba movimentada pelo combate. “A conversa era de que McGregor levaria US$ 7 milhões e Floyd ficaria com o resto. Precisaria ser uma divisão em 50-50, ou Conor não aceitará. Ninguém gera tanta repercussão na mídia como Conor. Floyd ganharia muito mais dinheiro, mas Floyd precisa mais de Conor do que Conor precisa de Floyd”, explicou Kavanagh.

O treinador elogiou Mayweather, mas destacou que McGregor possui uma característica diferente à qual o pugilista está habituado. “Floyd é incrível. Ele é incrível. Não acho que haja um único pugilista que conseguiria superá-lo. Ele já desvendou o boxe, mas Conor não se movimenta como um pugilista”, analisou.

McGregor tem compromisso marcado para voltar ao UFC: será no dia 20 de agosto, quando fará revanche contra Nate Diaz no UFC 202, em Las Vegas (EUA).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments