Nu em revista, McGregor garante: ‘Estou faminto novamente’

Irlandês diz que aprendeu lições em derrota para Diaz e afirma que se sentiria aliviado caso enfrentasse Mayweather no boxe

McGregor saiu na revista Body Issue, da ESPN. Foto: Divulgação

McGregor saiu na revista Body Issue, da ESPN. Foto: Divulgação

Depois de um turbilhão de emoções vivido no octógono no último semestre, que foi desde a conquista do título até uma derrota inesperada, Conor McGregor garante que está faminto novamente para voltar ao UFC e se apresentar na melhor forma.

Veja Também

Treinador revela: dinheiro foi empecilho de McGregor x Mayweather
‘McGregor encarou luta com Diaz como um circo’, admite treinador
McGregor tieta Rihanna em show na Irlanda

E, no caso, “faminto” não é mera força de expressão. O irlandês acredita que o excesso de comida foi um dos fatores que culminaram em seu revés para Nate Diaz, em março, no UFC 196. Na ocasião, McGregor lutou duas categorias acima em relação à qual está habituado, e justamente por isso acabou exagerando na dose.

Em entrevista à revista norte-americana “ESPN”, na tradicional edição Body Issue, McGregor posou nu e detalhou suas dificuldades no combate. “Eu entrei naquela luta cheio em todos os sentidos. Meu prato estava cheio, meu estômago estava cheio. Não é por isso que lutamos. Originalmente, nós lutamos por comida, para comer. Lutamos famintos. Então, estou feliz com as lições aprendidas. Sinto que minha barriga está vazia de novo, então estou faminto novamente”, declarou o lutador.

Por mais que já tenha revanche marcada contra Diaz, em agosto, no UFC 202, McGregor voltou a falar sobre a possibilidade de enfrentar Floyd Mayweather em um duelo de boxe. Caso isso saia do papel, o irlandês se sentiria aliviado. “Se eu pudesse somente focar no boxe, estaria pau a pau com Floyd. Mas estou no jogo de malabarismos: preciso conciliar boxe, tae kwon do, jiu-jitsu, wrestling, caratê. Se eu pudesse deixar tudo isso de lado e focar só no boxe, tiraria um grande peso de meus ombros”, explicou.

McGregor e Diaz fazem revanche no dia 20 de agosto, novamente na categoria dos meio-médios (até 77 kg). Apesar da derrota recente, o lutador segue como campeão dos penas (66 kg), já que derrotou José Aldo em dezembro do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments