UFC oficializa venda para grupo de investimentos por US$ 4 bilhões

Maior organização de MMA do planeta passará a ser gerido por grupo liderado pela WME-IMG; Dana White fica

Lorenzo (esq.), Dana (centro) e Frank (dir.), a alta cúpula do UFC. Foto: Divulgação

Lorenzo (esq.), Dana (centro) e Frank (dir.), a alta cúpula do UFC. Foto: Divulgação

Veja Também

UFC é vendido por US$ 4 bilhões
UFC aceita proposta e vende ações por R$ 14 bilhões, afirma site
Rumores sobre venda do UFC por R$ 14 bilhões voltam a ganhar força

Agora é oficial. Na manhã desta segunda-feira (11), o UFC confirmou sua venda para a WME-IMG, um grupo de investimentos do ramo do esporte e do entretenimento, que assumirá controle da organização de lutas em efeito imediato.

Os valores da transação não foram confirmados, mas relatos da imprensa norte-americana indicam algo em torno de US$ 4 bilhões (na cotação atual, R$ 13 bilhões). Além da WME-IMG, também fazem parte do negócio as seguintes empresas: Silver Lake Partners (investidora do Skype e da Dell e o KKR como investidores estratégicos, além do MSD Capital, LP e MSD Partners.

“Vem sendo empolgante ver a organização ter um crescimento incrível na última década sob a liderança dos irmãos Fertitta, Dana White e sua equipe dedicada. Agora, estamos comprometidos a buscar por novas oportunidades para o UFC e seus talentosos atletas, a fim de assegurar seu crescimento e sucesso em escala global”, celebrou Ariel Emanuel, diretor executivo do grupo WME-IMG.

O UFC era, desde 2001, de propriedade da ZUFFA, formada pelos irmãos Frank e Lorenzo Fertitta, Dana White e um grupo de investimentos árabe. Destes, apenas White deve permanecer em funções diárias, seguindo como o presidente da organização. Contudo, os irmãos Fertitta continuarão envolvidos no negócio como sócios minoritários.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments