Holm prioriza revanche com Miesha a disputa pelo cinturão

Ex-campeã espera passar por Valentina Shevchenko no sábado (23) e, em seguida, poder vingar sua única derrota na carreira

Holm é ex-campeã do UFC. Foto: Divulgação

Holm é ex-campeã do UFC. Foto: Divulgação

Veja Também

Poirier e Johnson fazem luta principal do UFC no Texas
Werdum, Velasquez e GSP aparecem em trailer de filme de Van Damme
Pesado do UFC diz que ‘70% de sua categoria’ se dopa

Prestes a fazer sua primeira luta desde que perdeu o cinturão do UFC, Holly Holm não tem como objetivo imediato a reconquista do título. A norte-americana espera poder vingar sua derrota para Miesha Tate, mesmo que sua algoz não seja mais a campeã peso galo feminino.

Neste sábado (23), Holm enfrenta Valentina Shevchenko na luta principal do UFC on FOX 20, em Chicago (EUA). Caso derrote a rival, a ex-campeã quer, em seguida, limpar o seu cartel. “Eu quero vencer, não ligo contra quem. Não importa o que está em jogo, eu quero vencer. Eu queria a revanche com Miesha depois desta luta, porque quero vingar minha derrota. Não tem nada a ver com o cinturão”, disse, em entrevista à emissora norte-americana “FOX Sports”.

Contudo, Holm reconhece a tarefa dura que terá pela frente, especialmente após ver a luta entre Shevchenko e Amanda Nunes, que agora é a nova campeã da categoria. “Se a luta durasse mais, Valentina teria vencido – e Nunes é a campeã agora. Por mais que as pessoas me perguntem o que quero depois desta luta, ainda preciso lidar com ela. Estou lutando contra uma das melhores garotas que há. Não posso subestimar esta luta. Tenho muito trabalho pela frente”, reconheceu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments