Sonnen é reintegrado à política antidopagem de parceira do UFC

Flertando com possível retorno, norte-americano é testado pela USADA, mas admite chance de ser reprovado

Sonnen (foto) voltou a fazer parte da lista de testes antidoping do UFC. Foto: Divulgação

Sonnen (foto) voltou a fazer parte da lista de testes antidoping do UFC. Foto: Divulgação

Veja Também

Sonnen defende Wand em caso de fuga de exame antidoping: ‘Ele tinha o direito de dizer não’
Chael Sonnen abre as portas para trilogia com Anderson Silva
Empresário garante que Sonnen pode voltar ao MMA por ‘luta certa’

Aposentado do MMA desde 2014, Chael Sonnen deixou em aberto a possibilidade retornar às competições pelo UFC. O norte-americano pediu para ser reintegrado à política de antidoping do Ultimate e já se submeteu a dois exames da USADA, a Agência Antidopagem dos Estados Unidos.

As regras da parceria entre o UFC e a USADA determinam que os atletas que estavam aposentados e que desejam retornar às competições precisam passar por quatro meses obrigatórios de testes antes de serem liberados para lutar. Contudo, Sonnen não confia que será aprovado nos exames que já fez.

Perguntado pelo site norte-americano “MMA Junkie” se o seu retorno às lutas era questão de tempo, Sonnen negou ao seu estilo bem humorado. “Não se o teste foi bom como lembro que foi”, ironizou.

Sonnen está suspenso até o dia 23 de julho por ter sido flagrado em dois exames antidoping em 2014. Antes da luta que faria no UFC 175, o norte-americano caiu em ocasiões distintas com cinco substâncias proibidas, o que lhe rendeu um gancho de dois anos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments