Condit admite que preferiria enfrentar outro adversário em vez de Demian

Norte-americano diz que brasileiro impõe dificuldades com seu estilo, mas prevê que vitória espetacular lhe dará chance de cinturão

Condit (foto) enfrenta Demian no mês que vem. Foto: Inovafoto

Condit (foto) enfrenta Demian no mês que vem. Foto: Inovafoto

Carlos Condit e Demian Maia, dois dos principais nomes da divisão dos meio-médios, se enfrentarão no mês que vem, na luta principal do UFC on FOX 21. Apesar de empolgado com o desafio, o norte-americano admite que, se tivesse a opção, preferiria enfrentar um outro nome em vez do brasileiro.

Veja Também

De olho no cinturão, Demian Maia pega Carlos Condit no UFC 202
Demian x Condit é transferido para luta principal do UFC Vancouver

Em entrevista à rádio “Sirius XM”, Condit ressaltou que as características do brasileiro, especialista em jiu-jitsu, representam um dos casamentos de luta mais complicados para seu estilo. “Ele é uma luta difícil. Se houvesse outro caminho para me tornar desafiante pelo cinturão, admito que provavelmente o traçaria. O estilo dele é difícil para mim, mas nunca recuei por algum desafio. É empolgante para mim ter de solucionar esse quebra-cabeças que é Demian Maia com as ferramentas que tenho”, analisou o lutador.

Ex-campeão interino dos meio-médios, Condit considera que um triunfo convincente sobre o brasileiro o fará dar um salto importante na corrida pelo título. “Acho que uma vitória de forma espetacular sobre Demian Maia me dará a chance de disputar o cinturão. Não vejo por que não seria assim. Sem dúvidas Demian Maia poderia ser o desafiante número um. Ele não é o desafiante número um por causa de seu estilo de luta, que não é o mais empolgante, mas ele bateu grandes nomes da divisão. Então, vencê-lo sem margem de dúvida me dará a chance de ter o cinturão em mim”, completou.

A luta entre Condit e Demian será realizada no dia 27 de agosto, em Vancouver, no Canadá. O norte-americano vem de derrota apertada na disputa pelo cinturão, contra Robbie Lawler, em janeiro; já o brasileiro conquistou cinco vitórias seguidas, a última delas sobre Matt Brown em Curitiba.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments