Lutador chegou a ser demitido antes de vitória no UFC 201

Jake Ellenberger, que acumulava cinco derrotas em suas últimas seis lutas, recuperou o emprego ao pedir nova chance a Dana White

Ellenberger venceu de forma contundente no UFC 201. Foto: Divulgação

Ellenberger venceu de forma contundente no UFC 201. Foto: Divulgação

Veja Também

UFC 201: Woodley nocauteia Lawler e aumenta ‘maldição do título’ em 2016
Reis lamenta chance pelo cinturão a vencedor do TUF: ‘Não é justo’
St. Pierre responde a desafio de novo campeão e se diz interessado na luta

No último sábado (30), o meio-médio Jake Ellenberger conquistou uma importante vitória no UFC 201 para garantir seu emprego na principal organização de MMA do planeta. No entanto, foi por pouco que o norte-americano recebeu a chance: ele chegou a ser demitido antes do combate.

O lutador, de 31 anos, vinha em fase complicada no UFC, com cinco derrotas nas últimas seis lutas, o que o fez ser liberado de seu contrato. “Nós chegamos a cortá-lo. Mas ele pegou um avião até Las Vegas [sede do UFC, nos Estados Unidos], me encontrou e disse: ‘Por favor, não me demita. Me dê mais uma chance, prometo que vou render’. O colocamos contra Matt Brown e ele acabou rendendo”, explicou o presidente do UFC, Dana White, em entrevista à emissora norte-americana “FOX Sports”.

Ellenberger enfrentou Brown no card principal do UFC 201. Depois de aplicar um knockdown em poucos segundos, “The Juggernaut”, como é conhecido, nocauteou o rival com um chute no corpo, a 1min46s do assalto inicial.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments