Reis lamenta chance pelo cinturão a vencedor do TUF: ‘Não é justo’

Brasileiro não ficou feliz em ser preterido por ‘elenco de lutadores que não foram bem no UFC e acabaram demitidos’

Reis lutaria pelo título no UFC 201, mas enfrentou estreante. Foto: Divulgação/UFC

Reis lutaria pelo título no UFC 201, mas enfrentou estreante. Foto: Divulgação/UFC

Veja Também

UFC 201: Wilson Reis finaliza estreante e bate recorde
Demetrious Johnson sofre lesão e adia defesa de cinturão contra Wilson Reis
UFC muda de ideia e remove brasileiro de luta pelo título
TUF 24 contará com dois brasileiros de olho no cinturão dos moscas

Mesmo com vitória rápida e dominante no UFC 201, no último sábado (30), Wilson Reis deverá de fato ficar sem a aguardada chance pelo cinturão. O brasileiro considerou injusta a decisão do Ultimate em dar a oportunidade ao vencedor do reality show The Ultimate Fighter 24, no fim do ano.

Originalmente, Reis lutaria pelo título justamente no UFC 201. Contudo, o campeão da divisão, Demetrious Johnson, se lesionou e ficou de fora do combate. Como já havia sido anunciado que o vencedor do TUF 24 lutaria pelo título em dezembro, Reis acabou retirado de vez do title-shot.

O TUF 24 contará com diversos lutadores campeões de organizações menores de todo o planeta. Entre os membros do programa estão alguns ex-lutadores do UFC. Justamente por isso, Wilson considerou a decisão injusta. “Não é justo para os caras que estão no top 15. Quando olhamos para o elenco do TUF, a maioria é de caras que não foram bem no UFC e acabaram demitidos. Isso não faz sentido algum para mim”, disse, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Reis considera que, por merecimento, deveria ser o próximo da fila. “Sinto que sou o próximo desafiante pelo cinturão. Não queria provar nada, mas não tive opção precisei aceitar a luta. Sinto que mereço a chance de disputar o cinturão. Assinei um contrato para isso, treinei para isso, então estou aqui”, declarou.

No UFC 201, Reis enfrentou Hector Sandoval, que fazia sua estreia na organização. O brasileiro obteve uma vitória rápida e obteve o recorde com a finalização mais breve de toda a história da divisão dos moscas do UFC.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments