Alvarez esnoba e diz que McGregor é ‘uma mentira’

Campeão dos leves afirma que não se sente ameaçado por Conor: ‘ele é a rodada de descanso da academia’

Alvarez é campeão dos leves do UFC. Foto: Divulgação

Alvarez é campeão dos leves do UFC. Foto: Divulgação

Atual campeão peso leve do UFC, o futuro de Eddie Alvarez é uma incógnita, mas um caminho vem sendo bastante especulado como o próximo passo do norte-americano: um duelo contra Conor McGregor, detentor do cinturão dos penas. Ao comentar o assunto, o lutador fez uma analogia um tanto quanto curiosa para explicar o que aconteceria se ele viesse a enfrentar o irlandês.

Veja Também

Alvarez dispara: ‘McGregor não é lutador para disputar cinturão’
Dos Anjos: ’Sou o melhor lutador da categoria e vou provar isso de novo’
Dos Anjos rebate McGregor: ‘Se lutasse comigo, estaria morto’

“Se essa luta realmente for acertada e acontecer, sinto que vou mostrar para o mundo todo que não existe Papai Noel. E todo mundo vai ficar desapontado. Não tem Papai Noel. Ele não existe. Era uma mentira e eu vou roubar a magia de todos. Acabou a mágica. E eu não vejo a hora. Será um grande momento para mim”, disse ao site ‘MMA Fighting’ (EUA).

Alvarez também desdenhou das qualidades de Conor, dizendo que o falastrão não seria páreo para nenhum dos atletas da academia na qual treina. “Em uma sala de treino, há sempre um cara que nós o chamamos de ‘rodada de descanso’. E ele (McGregor) é a rodada de descanso. Ele é o cara que você pega quando está super cansado e diz: ‘Ei, cara, vamos lá, vamos fazer uma rodada. E não apenas para mim, é para todos. Para Frankie (Edgar), Edson (Barboza), Marlon (Moraes). Para qualquer um de nós”, cintando seus parceiros de equipe.

Apesar dos rumores, Eddie afirmou que não acredita que essa luta sairá do papel. Segundo ele, McGregor é inteligente o suficiente para não querer enfrentá-lo, pois sabe que colocará em risco sua imagem e reputação se esse combate acontecer.

“Onde nós somos diferentes é que eu sou um cara que me preocupo com a realidade e ele com a percepção. O jogo do MMA está mudando porque o show tem vindo antes do esporte. E com isso, a percepção acaba tendo uma importância maior do que deveria. Por isso eu não acho que eles vão querer essa luta. Se a percepção é a coisa mais importante, você não vai atrás do melhor cara, você não vem lutar comigo. Você vai atrás do cara que parece ser o melhor, mas não é”, analisou o campeão.

Eddie Alvarez conquistou o cinturão dos leves ao nocautear Rafael dos Anjos em julho passado, no UFC Fight Night 90, em sua quarta luta no UFC. Aos 32 anos, ele possui um cartel com 28 vitórias e apenas 4 derrotas. Alvarez também foi campeão peso levo do Bellator, considerado a segunda maior organização de MMA do mundo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments