Dos Anjos: ’Sou o melhor lutador da categoria e vou provar isso de novo’

Ex-campeão dos leves quebrou o silêncio após perder o cinturão para Alvarez; equipe sofrerá mudanças

R. dos Anjos (foto) quer recuperar o cinturão dos leves do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

R. dos Anjos (foto) quer recuperar o cinturão dos leves do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Demorou, mas Rafael dos Anjos se pronunciou sobre seu futuro após a perca do cinturão da categoria dos leves. Nocauteado no primeiro round por Eddie Alvarez em julho (7) desse ano, no UFC Fight Night 90, Rafael falou ao podcast “The MMA Hour” (EUA) sobre o aprendizado com a derrota, mudanças na equipe e os próximos passos na carreira.

“Não vi muitas vezes (a luta). Gravei na televisão, mas não vi nenhuma vez. Assisti aos melhores momentos na internet, mas não vi a luta toda. Tive uma noite ruim de trabalho. Quando você é um lutador e não tem uma noite boa no trabalho, isso acontece, perde a luta. Eddie teve uma ótima noite e eu uma ruim. Tenho certeza que sou o melhor lutador da categoria e vou provar isso de novo. Ainda estou com fome”, garantiu o brasileiro.

Veja Também

Rafael dos Anjos recomeça corrida pelo cinturão contra Tony Ferguson no UFC México
Jones e Dos Anjos caem no ranking oficial do UFC
Dos Anjos rebate McGregor: ‘Se lutasse comigo, estaria morto’

Questionado sobre as lições tomadas após o último revés, Dos Anjos afirmou que aprendeu muita coisa, principalmente a maneira como as pessoas lhe tratam antes e depois da perca do título da divisão: “Aprendi um monte de coisas, por exemplo, como as pessoas te tratam. Para cada pessoa da minha família teve um aprendizado. (…) As pessoas te tratam de uma maneira quando é o campeão, mas de outra quando você não é o campeão. Foi bom saber o que as pessoas realmente acham. Não podemos parar de fazer ajustes e faremos cortes de pessoas para ser campeão de novo. Felizmente alguns não estarão mais juntos de mim”.

Com luta marcada contra Tony Ferguson para o dia 5 de novembro, Rafael acredita que o vencedor desse combate se coloca como próximo desafiante. “Eu precisaria lutar contra alguém, aí fiquei pensando quem eu deveria enfrentar. Tony Ferguson é um cara que tem oito vitórias seguidas e Khabib Nurmagomedov está implorando por uma chance de disputar o cinturão, mas também lutaria contra ele para definir quem lutaria pelo cinturão. Acho que Tony é melhor do que Khabib, apesar de estar atrás no ranking. Acho que Tony está à frente dele porque tem lutado mais, estado mais ativo e está com oito vitórias seguidas. Esse é o cara que eu vou ganhar e depois vou lutar pelo título”.

Com 31 anos, Rafael dos Anjos se tornou campeão do UFC ao dominar Anthony Pettis e vencer por pontos. Em sua primeira defesa de cinturão, nocauteou Donald Cerrone em apenas 66 segundos, mas foi superado por Eddie Alvarez na segunda vez em que colocou a cinta em jogo. Ele 14 vitórias e seis derrotas no UFC, com cinco bônus de perfomance da noite. No total, são 25 triunfos e oito reveses em seu cartel profissional.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments