Presidente do UFC diz que não irá retirar cinturão de Conor McGregor

Dana White afirma que irlandês tomará a decisão acerca de seu futuro e nega possibilidade de trilogia imediata com Nate Diaz

Conor (foto) é o campeão dos penas do UFC. Foto: Divulgação

Conor (foto) é o campeão dos penas do UFC. Foto: Divulgação

Veja Também

‘McGregor não está confiante para pegar Aldo’, diz treinador do brasileiro
Treinador de McGregor não vê sentido em retorno aos penas
Aldo pede a McGregor: ‘Desça ou largue o cinturão!’

O presidente do UFC, Dana White, colocou nas mãos de Conor McGregor a decisão sobre o futuro do lutador dentro da maior organização de MMA do planeta. De acordo com o dirigente, o irlandês não terá o cinturão dos penas retirado, mas precisa escolher qual será seu próximo passo nas lutas.

McGregor vem de vitória sobre Nate Diaz na revanche realizada no UFC 202, no dia 20 de agosto. Depois do combate, o próprio irlandês se mostrou interessado em ter um terceiro duelo com o seu rival, já que o confronto está empatado com uma vitória para cada lado.

White negou a possibilidade de isso acontecer de imediato, mas afirmou que McGregor precisa definir qual será seu futuro na organização. “Ele não vai ter seu cinturão retirado. Ele vai tomar uma decisão. Ele sabe que Nate Diaz não é luta a ser casada agora. Ele vai defender seu cinturão ou desistir dele e decidir o que vai fazer a seguir”, comentou o dirigente, em entrevista à rádio norte-americana “NBC Sports”.

McGregor conquistou o cinturão dos penas em dezembro do ano passado, com um nocaute rápido sobre José Aldo. Desde então, o irlandês fez duas lutas contra Diaz e não defendeu seu cinturão por nenhuma vez. Em julho, Aldo derrotou Frankie Edgar para conquistar o título interino da divisão até 66 kg.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments