White diz que CM Punk não deverá ter nova chance no UFC

Presidente do Ultimate revela ser amigo de astro do telecatch, mas destaca: ‘O UFC é um lugar difícil para aprender’

CM Punk perdeu rápido em sua estreia no UFC. Foto: Divulgação/UFC

CM Punk perdeu rápido em sua estreia no UFC. Foto: Divulgação/UFC

A jornada de CM Punk no UFC pode já ter chegado ao seu fim. De acordo com o presidente do Ultimate, Dana White, o astro do pro-wrestling não deverá fazer seu próximo combate de MMA na maior organização do planeta.

Veja Também

Frank Mir sobre estreia de CM Punk: ‘Isso me deixa p***’
Vídeo: Assista à derrota de CM Punk no UFC 203
Werdum vence namorado de Ronda em duelo cheio de polêmicas

CM Punk fez sua estreia no mundo das lutas no último sábado (10), no UFC 203. Diante do também inexperiente Mickey Gall, o novo lutador foi amplamente dominado e perdeu com uma finalização ainda no primeiro round depois de levar um castigo no solo.

Em entrevista ao canal do YouTube “Fight Network”, White contou que dificilmente dará uma outra oportunidade a CM Punk no UFC. “Ele provavelmente não terá sua próxima luta no UFC. Ter sua primeira luta logo no UFC é difícil e nós vimos isso, mesmo que seja contra um cara que só tinha duas lutas profissionais [como era o caso de Gall]. Esse é um lugar difícil para aprender. Nós nos tornamos amigos, ele é um cara legal e gosto dele. Tenho muito respeito a ele e queria dar-lhe uma chance. Eu dei a ele sua chance”, comentou o dirigente.

CM Punk, de 37 anos, estreou no MMA profissional cerca de 18 meses depois de assinar contrato com o UFC. Neste período, o lutador realizou treinos intensivos na academia de Duke Roufus, ao lado de nomes como Anthony Pettis, Tyron Woodley e Ben Askren. Ao contrário de seu antigo colega no telecatch, Brock Lesnar, que ganhou o cinturão do UFC e que possuía trajetória prévia no wrestling, CM Punk não possuía experiência em esportes de combate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments