Empresário de Demian ‘aprende’ com Jacaré e cogita luta por título no UFC 205

Eduardo Alonso afirma que seu atleta aceitaria substituir Thompson em duelo com Woodley: ‘Oportunidade que não se deve negar’

Demian (foto) vem em grande sequência nos meio-médios. Foto: Buda Mendes/UFC

Demian (foto) vem em grande sequência nos meio-médios. Foto: Buda Mendes/UFC

O empresário de Demian Maia, Eduardo Alonso, tirou lições da jornada de Ronaldo Jacaré rumo ao cinturão do UFC e garantiu que seu atleta aceitaria disputar o título dos meio-médios caso o próximo desafiante, Stephen Thompson, se lesione.

Veja Também

UFC Vancouver: Demian Maia domina Condit, finaliza rápido e pede por cinturão
Demian quer esperar vencedor de Woodley x Thompson se não ganhar chance pelo cinturão
Royce Gracie exalta vitória de Demian Maia: ‘Luta perfeita’

“Wonderboy” está escalado para enfrentar o campeão, Tyron Woodley, no UFC 205, evento que será realizado no dia 12 de novembro, em Nova York (EUA). Mesmo que falte apenas pouco mais de um mês para o duelo, Demian entraria na luta caso recebesse um chamado de emergência do Ultimate.

“Uma luta pelo cinturão é uma oportunidade única que você nunca deve negar. Se ‘Wonderboy’ sofrer alguma lesão e recebermos o convite, a menos que Demian também esteja machucado, nós aceitaremos a oportunidade, porque nunca se sabe o que o dia de amanhã pode trazer. Vimos o que aconteceu com Jacaré, por exemplo, que infelizmente se lesionou e não teve sua chance. Bisping aceitou e se tornou campeão, e Jacaré ainda está atrás de sua chance. Nunca se sabe o que pode acontecer. A uma oportunidade como essa você diz ‘sim’ e faz o seu melhor”, comentou Alonso, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Segundo o empresário, o plano principal de Demian é enfrentar o vencedor deste duelo, de preferência ainda no primeiro semestre de 2017. “A ideia, agora, é enfrentar o vencedor dessa luta. Demian já merecia disputar o cinturão, e, depois dessa luta, é bastante óbvio quem é o próximo da fila. Não vejo ninguém que mereça mais que ele. Sabemos que merecimento é algo relativo neste esporte, mas temos que encontrar o equilíbrio entre espetáculo e esporte”, opinou. “Depois de ‘Wonderboy’x Tyron Woodley, Demian é o próximo da fila, independentemente do que acontecer no futuro. Acredito que ele terá sua oportunidade. Ele merece”, completou.

Demian, de 38 anos, vem de seis vitórias consecutivas no UFC, incluindo triunfos sobre Carlos Condit, Matt Brown, Gunnar Nelson e Neil Magny. Ele busca sua segunda chance de disputar um título do UFC: em 2010, o brasileiro encarou Anderson Silva pelo cinturão dos médios, mas foi derrotado na decisão dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments