Estreia em Nova York terá os ingressos mais caros da história do UFC

De acordo com o site ‘Seat Geek’, evento de novembro tem bilhetes por, em média, US$ 1.368

McGregor vai enfrentar Alvarez em Nova York. Foto: Divulgação/UFC

McGregor vai enfrentar Alvarez em Nova York. Foto: Divulgação/UFC

O torcedor que quiser assistir de perto ao histórico UFC 205, que marcará a estreia do octógono na cidade de Nova York (EUA), terá de se preparar para investir pesado. Os ingressos para o evento já são considerados os mais caros de toda a história da maior organização de MMA do planeta.

Veja Também

Ultimate divulga pôster oficial do UFC 205, em Nova York
Vídeo: Ultimate divulga clipe promocional do UFC 205
UFC frustra Aldo e anuncia McGregor pelo cinturão dos leves em Nova York

De acordo com o site “Seat Geek”, que compila os preços de arquibancadas de diversas atrações esportivas, o preço médio dos ingressos do UFC 205 estão na casa de US$ 1.368,00 (R$ 4.377,60 na cotação atual). Isso supera o antigo recorde do Ultimate, estabelecido em julho deste ano, quando o torcedor pagou, em média, US$ 1.136,00 (R$ 3.635,20) para comparecer ao UFC 200.

Os preços de Nova York superam com certa folga os valores de outros eventos de ponta do UFC em Las Vegas. O UFC 202, encabeçado pela revanche entre Conor McGregor e Nate Diaz, em agosto, teve ingressos de US$ 929 (R$ 2.972,80) na média. Este valor é menor do que o ingresso mais barato do UFC 205, na casa de US$ 931 (R$ 2.979,20).

O UFC 205 promete ser um dos eventos mais grandiosos de toda a história do Ultimate. A luta principal da noite será entre Conor McGregor e Eddie Alvarez, quando o irlandês, já campeão dos penas, tentará também conquistar o cinturão dos leves. Há outras disputas de cinturão em jogo: Stephen Thompson desafia Tyron Woodley pelo título dos meio-médios, e Karolina Kowalkiewicz pega Joanna Jedrzejczyk pelo cinturão palha feminino. O show também contará com as participações dos ex-campeões Chris Weidman, Frankie Edgar e Rashad Evans.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments