‘Alvarez parece com muitos caras que McGregor venceu’, diz treinador

John Kavanagh reconhece que Alvarez ‘terá bons momentos’ em duelo, mas garante que seu pupilo terá o braço erguido

McGregor (esq.) é aluno de Kavanagh (dir.) na SBG Ireland. Foto: Reprodução

McGregor (esq.) é aluno de Kavanagh (dir.) na SBG Ireland. Foto: Reprodução

O treinador principal de Conor McGregor, John Kavanagh, considera que o campeão dos leves do UFC, Eddie Alvarez, representará um desafio muito mais “tradicional” para o irlandês no duelo de detentores de cinturão, que acontece no dia 12 de novembro, em Nova York (EUA).

Veja Também

McGregor admite abrir mão de cinturão caso vença Alvarez
Após multa milionária, McGregor não quer lutar mais em Las Vegas
McGregor avisa Mayweather: ‘Se continuar falando meu nome, apareço na porta da sua casa’

Em seus dois últimos combates, McGregor mediu forças contra Nate Diaz, considerado por Kavanagh um atleta menos ortodoxo. Por isso, o treinador celebrou o fato de que o irlandês tenha retomado uma abordagem convencional durante sua preparação.

“A luta com Eddie Alvarez é muito mais ‘padrão’ do que estamos acostumados. Ele luta com uma postura mais tradicional e é muito similar a vários caras que Conor já venceu. Já Diaz foi uma anomalia, um tipo que requer um treino específico para ele. Acho que, com Eddie, podemos voltar ao estilo mais tradicional de treinos”, comentou, em entrevista ao site irlandês “Independent.ie”.

Kavanagh reconhece que o combate terá momentos de alternância, mas tem plena convicção no triunfo de seu pupilo. “Haverá pressão nessa luta. Não tenho dúvidas de que haverá momentos em que Conor se sentirá pressionado. É uma luta, e, no fim da contas, Eddie é campeão do UFC por um motivo. Ele está no esporte há um longo tempo. Estamos preparados para o melhor, mas também estamos preparados para o pior. Ficaria surpreso se a luta durasse 25 minutos, mas Eddie terá seus bons momentos. No fim das contas, não tenho dúvida alguma de que o braço de Conor será erguido”, completou.

McGregor, campeão dos penas, e Alvarez, campeão dos leves, medem forças na luta principal do UFC 205. Caso vença, o irlandês será o único atleta da história a ostentar dois cinturões de forma simultânea no Ultimate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments