Lutador deixa UFC 205 após cair no antidoping

Lyman Good caiu em teste surpresa da USADA e foi retirado do card, que acontece em 12 de novembro

Good foi cortado do UFC em Nova York. Foto: Divulgação

Good foi cortado do UFC em Nova York. Foto: Divulgação

 

Veja Também

Rival diz que Belfort tem ‘problemas psicológicos’ sem TRT
Confiante na inocência, Jones avisa rivais: ‘Perderam de mim de forma justa’
Dominick Cruz coloca cinturão em jogo contra promessa americana no UFC 207

A poucas semanas de sua realização, o UFC 205 sofreu uma baixa. Lyman Good, que enfrentaria Belal Muhammad no card de 12 de novembro, foi flagrado em um exame antidoping surpresa, e, por isso, foi obrigado a deixar a atração.

O UFC 205 marca a tão aguardada estreia do Ultimate em Nova York (EUA). Curiosamente, Good era o único atleta de todo o evento a ter nascido na ilha de Manhattan, onde fica o ginásio Madison Square Garden. A Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA), como de praxe, não divulgou qual foi a substância encontrada no organismo do lutador.

No entanto, o UFC ainda busca um substituto para encarar Muhammad. A intenção da organização é manter a programação com 13 lutas previstas para o show.

A luta principal do UFC 205 será entre Eddie Alvarez e Conor McGregor, válida pelo cinturão dos leves. A noite também contará com Stephen Thompson x Tyron Woodley pelo título dos meio-médios, Joanna Jedrzejczyk x Karolina Kowalkiewicz pelo título palha feminino, além das participações dos ex-campeões Chris Weidman, Miesha Tate, Frankie Edgar e Rashad Evans.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments