McGregor alfineta Aldo: ‘Ele não quer a revanche’

Irlandês acredita que brasileiro buscou se desentender com o UFC de forma proposital para evitar um novo duelo

McGregor nocauteou Aldo no UFC 194, em dezembro de 2015. Foto: Josh Hedges/UFC

McGregor nocauteou Aldo no UFC 194, em dezembro de 2015. Foto: Josh Hedges/UFC

Campeão linear dos penas do UFC, Conor McGregor tem uma visão particular a respeito da discórdia entre José Aldo e o Ultimate. O irlandês considera que o brasileiro, campeão interino da categoria, quis intencionalmente se desentender com seus chefes com seus patrões para fugir da revanche entre os dois.

Veja Também

Aldo quer mudar acordo com UFC para lutar em outras modalidades, diz empresário
José Aldo garante: “Se eu não lutar no UFC, não luto em lugar nenhum”
Aldo está sendo ‘um pouco ridículo’ por pedir liberação de contrato, diz White

Aldo expressou seu desânimo com o UFC assim que foi anunciada a luta entre McGregor e Eddie Alvarez pelo cinturão dos leves. O brasileiro, que queria a revanche, declarou estar desmotivado e pediu para que seus patrões o liberassem de seu contrato.

Segundo McGregor, a revolta do brasileiro é apenas um artifício para disfarçar suas reais intenções. “Eu não acho que ele queria a revanche. Acho que ele está feliz com esse desentendimento e essa cláusula para cair fora. Eu o nocauteei, ele voltou, venceu uma decisão e tem o cinturão interino. Acho que ele quer este tipo de desavença com o UFC e ele quer seguir seu próprio caminho. Ele não quer isso de novo”, comentou McGregor, em conversa com o site “LAD Bible”.

McGregor enfrenta Alvarez no UFC 205, evento que acontece no dia 12 de novembro, em Nova York (EUA). Na ocasião, o irlandês tentará algo histórico: caso vença, se tornará o primeiro lutador da história do UFC a ostentar dois cinturões de forma simultânea.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments