Bisping revela ter aceitado luta com St. Pierre no UFC 206

Campeão dos médios diz que combate tem sido negociado há alguns dias; Dana White desmente declaração

Bisping é campeão dos médios do UFC. (Foto: MMAjunkie)

Bisping é campeão dos médios do UFC. (Foto: MMAjunkie)

O campeão dos médios do UFC, Michael Bisping, revelou que já aceitou os termos para sua próxima defesa de cinturão. O inglês contou que concordou com a ideia de enfrentar Georges St. Pierre no UFC 206, evento que será realizado no dia 10 de dezembro, em Toronto, no Canadá.

Bisping vem pedindo pelo combate há tempos, desde que GSP anunciou suas intenções de retornar à ativa. Segundo suas palavras, o seu lado da negociação já está definido, restando apenas a formalização com a assinatura do contrato.

Veja Também

Georges St-Pierre não vai lutar no UFC 206, garante Dana White
Fãs ameaçam boicotar UFC 206, no Canadá, se St-Pierre não lutar no evento
Georges St-Pierre rescinde contrato e não é mais lutador do UFC
UFC rebate St. Pierre e diz que contrato ainda está em vigor

Georges St. Pierre, todos nós queremos mais dinheiro! Mas vamos lá, assine os papéis! Dê às pessoas de Toronto o que elas querem, seja um herói! Vamos lá, campeão”, ironizou, em post publicado em sua conta no Twitter.

Questionado por um seguidor sobre a real possibilidade de o combate acontecer, Bisping respondeu: “Eu concordei verbalmente com a luta. As negociações para a luta estão acontecendo há alguns dias.”

No entanto, o presidente do UFC, Dana White, desmentiu as palavras ditas por Bisping. “Não vai ter Bisping x GSP em Toronto. Sei que Mike quer essa luta, mas não vai acontecer”, comentou ao site “MMA Junkie”.

Bisping subiu no octógono no dia 8 de outubro, no UFC 204. Na ocasião, o inglês bateu Dan Henderson na decisão dos juízes, mas levou um duro castigo. Já St. Pierre não luta desde 2013, e, desde então, vem se desentendendo com o UFC nos bastidores. As duas partes atualmente travam uma batalha: o canadense acredita que o contrato antigo não está mais em vigor, mas o UFC garante que St. Pierre ainda é seu atleta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments