‘O UFC Nova York não aconteceria sem mim’, gaba-se McGregor

Poucos dias antes de histórico evento, irlandês diz que quer ‘curtir o momento’: ‘Demorou muito para chegarmos até aqui’

McGregor (foto) é campeão dos penas do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

McGregor (foto) é campeão dos penas do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

Poucos dias antes de um dos eventos mais aguardados de toda a história do UFC, Conor McGregor não deixou sua habitual marra de lado. O irlandês, campeão dos penas, disse que a organização só conseguirá realizar um show de sucesso na cidade de Nova York (EUA) graças à sua presença no card.

Veja Também

Dos Anjos aposta em vitória de McGregor no UFC 205
Agora no peso leve, McGregor dispara: “Vou matar todos eles”
McGregor vai anunciar afastamento após UFC 205, crava jornal

O Ultimate tentava há vários anos levar o octógono à cidade, mas esbarrava em barreiras legais – o MMA era proibido por lei no local. Contudo, assim que a situação mudou, o UFC 205 foi anunciado no Madison Square Garden, com McGregor em sua luta principal.

O irlandês deixou a modéstia de lado para comentar a situação. “Eu controlo tudo isso. Eu controlo Nova York. Antes de tudo, eu sou a razão pela qual estamos aqui. Eu sou a razão pela qual este evento vai acontecer. Se eu não estivesse aqui, esse navio iria afundar. Esses são os fatos”, disse, em conferência do UFC para promover o show.

Em posição de destaque, McGregor espera aproveitar a situação. “Vamos curtir o momento, porque demorou muito tempo para chegarmos até aqui. Eu estou de olho em aproveitar toda essa experiência”, completou.

Na luta principal do UFC 205, McGregor enfrentará Eddie Alvarez pelo cinturão dos leves. Caso vença, o irlandês fará história: se tornará o primeiro atleta a ostentar dois cinturões simultâneos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments