Morando em Nova York, Sapo fala em sonho realizado por lutar no UFC 205

Brasileiro, que mora próximo ao Madison Square Garden, ginásio onde vai acontecer o evento, enfrenta Tim Boetsch no card preliminar

R. Sapo vai fazer a segunda luta do card preliminar do UFC 205. (Foto: Divulgação)

R. Sapo vai fazer a segunda luta do card preliminar do UFC 205. (Foto: Divulgação)

Natural de Belo Horizonte, Minas Gerais, o peso médio Rafael Natal “Sapo” pode dizer que lutará “em casa” neste sábado (12), quando enfrenta Tim Boetsch no card preliminar do UFC 205, em Nova York. Isso porque o brasileiro mora e treina em uma academia bem próxima do Madison Square Garden, ginásio onde acontecerá o evento. Para Rafael, que já lutou em sua cidade natal, será um sonho realizado poder lutar onde reside atualmente.

Veja Também

Gastelum não bate o peso e duelo contra Cerrone é retirado do UFC 205
McGregor entra como favorito para duelo contra Alvarez no UFC 205
Assista à pesagem do UFC 205, com três disputas de cinturões
Com três vitórias seguidas, Luque diz: “Quero fazer parte do top 15”

“Estou muito empolgado por lutar nesse evento. Já lutei em Belo Horizonte, que é minha cidade, mas, desde que me mudei, sonho em lutar no Madison Square Garden, um sonho que vou realizar agora”, disse, em entrevista ao UFC Brasil.

Questionado sobre os pontos fortes de seu adversário, o mineiro mostrou ter feito o dever de casa e analisou o jogo de Boestch, mas ressaltou que está preparado para atuar tanto em pé, quanto no chão.

“A fraqueza dele é o chão, ficar com as costas no chão. Ele tem um wrestling bom, tem mão pesada, derruba bem e é difícil derrubar, mas acho que ele não vai querer me derrubar, pois o chão é minha área. A melhor coisa seria derrubá-lo, mas também não vou gastar toda minha energia para isso. Tenho me sentido bem em pé, tenho evoluído nessa parte”, declarou Sapo.

Para Natal, uma vitória no neste sábado pode colocá-lo próximo ao top 10 da categoria e dar uma motivação a mais para o próximo ano. “Uma boa vitória pode me colocar no Top 10, e seria uma boa maneira de começar 2017”, concluiu.

Aos 33 anos, Rafael ‘Sapo’ pode ser considerado um veterano do UFC. Na organização desde 2010. ele já realizou 15 lutas, com nove vitórias, cinco derrotas e um empate. Ao todo, possui um cartel profissional com 21 triunfos, sete reveses e um empate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments