UFC São Paulo: Brasileiros brilham em card preliminar movimentado

Mutante, Eduardo e Munhoz se destacaram nas primeiras lutas da noite, sendo que nenhum combate foi à decisão

Mutante brilhou no UFC SP. Foto: Divulgação/UFC

Mutante brilhou no UFC SP. Foto: Divulgação/UFC

Veja Também

UFC São Paulo: Bader não dá chances e massacra Minotouro na revanche
Com atuação segura, Thomas Almeida atropela Morales no UFC São Paulo
Vídeo: Assista o nocaute de Thomas Almeida no UFC São Paulo

Os lutadores brasileiros saíram com saldo positivo do card preliminar do UFC Fight Night São Paulo, na noite deste sábado (19), no ginásio do Ibirapuera. Das seis primeiras lutas da noite, quatro tiveram vitória dos atletas da casa, com destaque para as atuações de Cezar Mutante, Johnny Eduardo e Pedro Munhoz.

Mutante, campeão do TUF Brasil 1, fez luta inteligente e bateu o sueco Jack Hermansson. Eduardo despachou o também veterano Manny Gamburyan por nocaute técnico. Munhoz, por sua vez, fez luta altamente técnica com Justin Scoggins e finalizou seu combate.

Marcos Pezão e Francimar Bodão acabaram derrotados. Das seis primeiras lutas da noite, todas foram concluídas antes da decisão dos juízes.

Stewart atropela Bodão na abertura do evento

bodão

A noite não começou bem para os representantes brasileiros. Na abertura no UFC São Paulo, o representante da Nova União Francimar Bodão sofreu uma rápida derrota diante do estreante Darren Stewart.

Logo no começo do combate, Stewart evitou a trocação e clinchou. Por mais que Bodão tenha resistido à queda, o que provocou vaias do público, a luta foi o solo em seguida. O brasileiro reclamou de uma cabeçada durante a luta agarrada em pé, e, quando caiu, sofreu uma metralhadora de golpes, o que provocou a interrupção do árbitro com menos de dois minutos de ação.

O brasileiro ficou revoltado com a suposta cabeçada. “Foi desleal. Eu tenho mais de 40 lutas na carreira e nunca dei uma cabeçada em nenhum adversário. Todo mundo viu que ele me deu uma cabeçada. Na hora, eu fiquei um pouco grogue e olhei pro juíz para que ele interompesse a luta. Eu acho isso muito injusto, estou muito indignado”, reclamou. A Comissão Atlética Brasileira de MMA reviu o caso com o recurso do replay, mas considerou que o golpe não foi contundente o suficiente para anular a luta.

Munhoz finaliza Scoggins em luta movimentada

pedro munoz

Em uma das lutas mais promissoras de todo o card do UFC São Paulo, Pedro Munhoz e Justin Scoggins travaram batalha altamente técnica no octógono. No fim, melhor para o brasileiro, que venceu no segundo round.

O combate começou com ambos abusando dos chutes: Munhoz castigava a coxa de Scoggins, que retrucava com golpes plásticos no rosto e no corpo. Por mais que o brasileiro caminhasse para a frente, Scoggins arrumava espaço e encontrava sua distância.

No segundo assalto, Scoggins parecia levar maior vantagem e conectava vários golpes no rosto do brasileiro. Em determinado momento, o norte-americano tentou um chute e acabou caindo, o que abriu brecha para que Munhoz encurtasse e finalizasse com uma guilhotina justa.

Luis KLB bate dinamarquês sem sustos

KLB

Mais uma vitória brasileira na terceira luta da noite. Luis Henrique KLB venceu sem grandes sustos no único duelo de pesados da noite, passando pelo dinamarquês Christian Colombo com uma finalização.

A luta teve raros momentos de maior movimentação. KLB tinha a estratégia clara de fintar a trocação e levar a luta ao chão, o que conseguiu sem grandes dificuldades. O brasileiro trabalhava com golpes no solo, enquanto que Colombo pouco fazia para reagir. No terceiro round, KLB encaixou uma guilhotina e obteve sua segunda vitória seguida no octógono.

Eduardo nocauteia e aposenta Gamburyan

J. Eduardo

Johnny Eduardo, representante da academia Nova União, levou a melhor em duelo de veteranos com Manny Gamburyan. O brasileiro encontrou o caminho da vitória no segundo assalto e obteve o nocaute técnico.

O primeiro round foi estudado, com Gamburyan caminhando para frente e Eduardo respondendo à altura. O brasileiro trabalhava com chutes na coxa, o que deixou um grande hematoma no armênio.

No segundo assalto, Eduardo aproveitou uma entrada de Gamburyan para conectar um jab certeiro, o que levou o rival ao solo. Ali, precisou apenas soltar mais alguns socos para completar o serviço.

Gamburyan se irritou com sua apresentação e arremessou o protetor bucal em direção à torcida. Pouco depois, anunciou sua aposentadoria das lutas.

Pezão sofre finalização rápida diante de russo

Veterano do TUF Brasil 3, Marcos Pezão sofreu uma derrota rápida diante em sua cidade natal. O brasileiro começou agressivo, mas acabou caindo em uma armadilha do russo Gadzhimurad Antigulov ainda nos instantes iniciais do duelo.

Pezão e Antigulov começaram agressivos, com boas combinações em pé. Imediatamente o russo obteve a queda e tentou trabalhar no ground and pound. Pezão reagiu ao acertar uma boa pedalada, mas Antigulov seguiu batendo por cima. O brasileiro, então, inverteu as posições e caiu por cima, mas o russo aproveitou a brecha para encaixar uma guilhotina – que encerrou o duelo em pouco mais de um minuto.

Mutante faz luta inteligente e finaliza

Campeão do TUF Brasil 1, Cezar Mutante foi um dos grandes destaques das primeiras lutas da noite. O brasileiro fez luta inteligente diante do sueco Jack Hermansson e incendiou a torcida com uma finalização no segundo round.

Mutante evitou correr riscos na trocação e abusou da movimentação. Hermansson tentava o contra-ataque, mas o brasileiro se defendia bem e atacava de forma cautelosa. No segundo assalto, Mutante levou a luta ao chão e liquidou a fatura com um katagatame, também conhecido como triângulo de mão.

Resultados do card preliminar do UFC São Paulo:

Peso médio: Cézar Mutante finalizou Jack Hermansson (katagatame) aos 2min11s do R2

Peso meio-pesado: Gadzhimurad Antigulov finalizou Marcos Pezão (guilhotina) a 1min07s do R1

Peso galo: Johnny Eduardo derrotou Manny Gamburyan por nocaute técnico (socos) aos 46s do R2

Peso pesado Luis Henrique KLB finalizou Christian Colombo (guilhotina) aos 2min12s do R3

Peso galo: Pedro Munhoz finalizou Justin Scoggins (guilhotina) a 1min59s do R2

Peso meio-pesado: Darren Stewart derrotou Francimar Bodão por nocaute técnico a 1min34s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário