Dana White: ‘Vamos criar o peso pena feminina, com ou sem a Cyborg’

Presidente do UFC voltou a lembrar que Cyborg recusou luta no Ultimate e garantiu que irá abrir a terceira categoria feminina

D. White garantiu que irá abrir categoria peso pena feminino no UFC (Foto: Divulgação)

D. White garantiu que irá abrir categoria peso pena feminino no UFC (Foto: Divulgação)

Veja Também

Cyborg explica recusas ao UFC e garante: ‘Vou lutar pelo título’
Dana White diz que Cyborg recusou duas lutas pelo título pena
Cyborg desabafa: ‘Sou campeã mundial, mas o UFC não me respeita’

A polêmica envolvendo Cris Cyborg e o UFC ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira (07). Após a lutadora explicar o motivos que a fizeram recusar duas lutas pela organização, o presidente Dana White garantiu que o Ultimate irá abrir a categoria peso pena feminina (até 66kg), independente da participação de brasileira.

“Ela recebeu duas ofertas de luta em 65,7kg e recusou as duas. A primeira luta, ela disse que só tinha oito semanas e não era tempo suficiente para bater 65,7kg, e não deu nenhuma razão pra segunda vez. Mas a resposta é sim, vamos criar uma divisão peso pena, seja com ou sem a Cris Cyborg”, declarou White ao canal de TV australiano “Fox Sports”.

Atualmente, só existem duas categorias femininas no UFC: peso-palha (até 52,2kg), que tem a polonesa Joanna Jedrzejczyk como campeã, e peso-galo (até 61,2kg), com a brasileira Amanda Nunes no topo da divisão.

Cyborg, 31 anos, realizou duas lutas no Ultimate, ambas em peso combinado. A estreia foi em maio deste ano, no UFC 198, em Curitiba, quando nocauteou Leslie Smith. A segunda participação foi contra Lina Lansberg no UFC Brasília, em setembro passado. Na ocasião, a brasileira nocauteou Lina Lansberg na luta principal do evento.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments