Ju Thai vence e se recupera no UFC Albany; Trator perde na decisão

Lutadora mineira fez uma luta segura e bateu, enquanto peso leve amapaense acabou derrotado por Shane Burgos

A brasileira Ju (esq.) venceu sua luta no UFC Albany. Foto: Patrick Smith / UFC

A brasileira Ju (esq.) venceu sua luta no UFC Albany. Foto: Patrick Smith / UFC

O Brasil encerrou sua participação no UFC Fight NIght Albany com 50% de aproveitamento. Com dois representantes no card preliminar, o país conquistou com uma vitória com Ju Thai, mas Tiago Trator acabou derrotado.

Ju fez uma luta segura contra JJ Aldrich e venceu na decisão unânime dos juízes. Mas Trator sentiu o peso da mão de Shane Burgos e após quase ser nocauteado, foi superado também na decisão unânime.

Ju Thai vence e se recupera

Veja Também

Pesagem do UFC 206 tem vaias a Pettis, ‘vácuo’ e provocações
Anthony Pettis explica falha no corte de peso: ‘Meu corpo parou’
Ex-jogador da Seleção Brasileira fará estreia no kickboxing

A mineira Ju Thai entrou no octógono pressionada. Vindo de derrota para Carla Esparza, em abril, a brasileira precisava do triunfo para voltar a subir no ranking peso palha feminino. E diante da estreante JJ Aldrich, Thai fez o dever de casa e chegou ao triunfo sem maiores sustos.

O primeiro round da disputa começou estudado. Mas Ju logo encontrou a distância e trabalhou com boas combinações de chutes e socos. Quando JJ tentou responder aos ataques, ela foi derrubada e sofreu no solo com alguns golpes de cima para baixo.

No segundo round, a brasileira repetiu a estratégia do round anterior e combinou bem chutes e socos contra Aldrich. A norte-americana tentou responder as investidas, mas era sempre travada por Ju. Após chegar ao clinch, Thai chegou a queda e rapidamente dominou as costas da rival. Ela, porém, não conseguiu encaixar o estrangulamento e perdeu a oportunidade.

No terceiro assalto, Ju controlou a parcial e evitou correr riscos. A brasileira evitou as investidas da norte-americana e usou o clinch para esfriar a luta e vencer na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27).

Trator se recupera de castigo, mas perde na decisão

Trator (esq.) foi derrotado por S. Burgos (dir.)

Trator (esq.) foi derrotado por S. Burgos (dir.)

A luta entre Trator e Burgos começou bem equilibrada. O brasileiro tomou a iniciativa e depois de dois chutes ele pegou as costas do rival, que teve dificuldades para se manter em pé.  Após se livrar da pegada, Shane caminhou para frente e acertou alguns bons socos contra o rosto do amapaense.

Depois de um inicio bem equilibrado, Shane Burgos voltou para o segundo round disposto a liquidar a fatura. Logo nos primeiros segundos da parcial, Burgos conectou uma bomba de direita e levou o brasileiro a knockdown. Trator se levantou rápido, mas uma sequência de cruzado e upper levaram o amapaense em solo novamente

O norte-americano tentou aproveitar o momento, conectou alguns socos por cima e esteve perto da vitória por nocaute técnico, mas Tiago mostrou muita raça para suportar a pressão e se levantar. Trator ainda tentou uma queda nos segundos finais, mas ainda atordoado, não obteve sucesso.

No terceiro round, Burgos voltou a ser dominante. O norte-americano acertava os melhores golpes em pé e Trator se jogava no chão, chamando o rival para a luta de solo. Mas o rival não entrou no jogo do amapaense.

Nos segundos finais, Shane Burgos e Trator foram para a troca franca de socos. O brasileiro mostrou valentia, mas não foi o suficiente para virar a luta e ele acabou derrotado na decisão unânime dos juízes  (30×26, 29×28, 29×27)

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments