Campeã de judô, mãe de Ronda defende filha de críticas

AnnMaria De Mars foi a primeira mulher norte-americana a conquistar medalha de ouro em um Mundial de judô

R. Rousey deixa o octógono após UFC 207 (FOTO: Christian Petersen/Getty Images)

R. Rousey deixa o octógono após UFC 207 (FOTO: Christian Petersen/Getty Images)

Veja Também

Amanda Nunes atropela Ronda Rousey em 48 segundos e faz história no UFC 207
Nocauteada em menos de um minuto, Ronda lucra mais de R$ 200 mil por segundo no UFC 207
Amanda exalta carreira de Ronda, mas pede que ela se aposente

AnnMaria De Mars é conhecida atualmente como mãe de Ronda Rousey. Mas ela também fez história no judô, ao se tornar a primeira campeã mundial norte-americana na modalidade. E, por isso, ela tem moral para falar da derrota da filha para Amanda Nunes, no UFC 207. Em postagem no seu blog pessoal, a ex-atleta saiu em defesa de Rowdy e explicou por quê sua filha sofre tanto quando perde.

“Aqueles que criticaram Ronda por sofrer tanto a derrota não entendem o que a fez ter tanto sucesso. Ela se importa tanto em vencer que eu não acho que uma pessoa média consegue compreender essa vontade. Querer tanto algo não significa que você vai tomar decisões corretas 100% das vezes. Eu quero dizer que a maioria das pessoas que a criticou não a conhece. Ronda é uma pessoa inteligente, gentil, talentosa, generosa e muito trabalhadora”, declarou De Mars.

A mãe de Ronda também listou todas as conquistas da filha, que incluem um campeonato mundial júnior, medalha de prata no Mundial sênior e uma medalha de bronze olímpica no judô, além dos títulos mundiais no Strikeforce e no UFC. De Mars também reiterou as façanhas de Rousey fora das artes marciais, como os filmes em que atuou e a biografia best-seller que escreveu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments